Mais do que você gosta.

Publicidade

Trágico

Criador de Yu-Gi-Oh é encontrado morto aos 60 anos

Kazuki Takahashi foi encontrado no mar de Okinawa

Publicado por Redação

07/07/2022 08:27

Kazuki Takahashi, o criador do mangá de Yu-Gi-Oh! , faleceu aos 60 anos. Ele foi encontrado pela Guarda Costeira do Japão no mar de Okinawa na quarta-feira (06) e o corpo foi identificado na quinta-feira (07).

Takahashi estava usando equipamento de mergulho quando foi encontrado. Nenhum ferimento visível foi visto, mas a polícia e a Guarda Costeira continuam investigando as circunstâncias que levaram à sua morte, informa o ComicBook.

Continua depois da publicidade

A carreira de mangá de Takahashi começou em 1982, mas ele não se tornou um nome familiar até que a a Weekly Shonen Jump! publicou Yu-Gi-Oh! em 1996.

A série gira em torno de um garoto chamado Yugi Muto, que desbloqueou uma personalidade secundária mais sombria quando resolveu o misterioso enigma do milênio, um antigo artefato egípcio.

Mais sobre Yu-Gi-Oh!

Inicialmente, Yu-Gi-Oh! era focado em Yugi usando vários tipos de jogos para punir os perversos, mas o quadrinho realmente encontrou sucesso quando começou a se concentrar em um jogo de cartas colecionáveis.

Embora Takahashi inicialmente quisesse que o jogo de cartas fizesse apenas algumas aparições na série, acabou se tornando a base de uma enorme franquia que abrange TV, filmes, videogames e, claro, um jogo de cartas popular. Além disso, Cobra Kai, da Netflix, parece copiar alguns elementos do anime.

Embora Yu-Gi-Oh! tenha terminado em 2004, o anime e seus vários spin-offs continuam ativos até hoje.

Um jogo gratuito chamado Yu-Gi-Oh! Master Duel atraiu muitos novos fãs para o jogo de cartas, trazendo milhares de novos jogadores por dia.

Após o mangá de Yu-Gi-Oh! terminar em 2004, Takahashi continuou a supervisionar a franquia e trabalhar em vários outros projetos pontuais.

Recentemente, a Marvel e a Viz publicaram Marvel’s Secret Reverse, um mangá de Takahashi estrelado pelo Homem-Aranha e Homem de Ferro.

Sobre o autor

Publicidade