Chegou ao Brasil, na última quinta-feira, o filme Entourage: Fama e Amizade (leia a nossa crítica). A produção nada mais é do que a continuidade da série produzida pela HBO agora transposta para a tela grande. Outra série da HBO também já havia testado com sucesso a vida após a TV, Sex and the City, que rendeu dois filmes e deu continuidade a história das cinco amigas novaiorquinas.

Enquanto o follow up da série estrelada por Sarah Jessica Parker rendeu milhões, Entourage fez um sucesso modesto na telona e coloca em pauta se vale mesmo a pena ressuscitar seriados finalizados e bem sucedidos para lucrar um pouco mais nos cinemas.

O Observatório do Cinema lembra algumas séries que tiveram vida após a morte:


Arquivo X

Arquivo X

O seriado já havia rendido um ótimo filme, em 1998, enquanto ainda estava no ar na Fox. No entanto, Fox Mulder e Dana Scully voltaram a se reencontrar no horroroso Arquivo X – Eu Quero Acreditar, de 2008.

A dupla voltará em um revival de 6 episódios na TV em 2016 – saiba mais.

Veronica Mars

Veronica Mars

A série terminou em 2007, mas os fãs pressionaram para que um filme fosse realizado a todo custo. Em um caso curioso de crowdfunding, o filme de Veronica Mars foi quase que integralmente financiado pelos interessados em ver a continuação da história da detetive no cinema. Foi um produto de sucesso do kickstarter (site de arrecadação de verbas), porém, o filme naufragou na bilheteria.

Anjos da Lei

Anjos da Lei

Anjos da Lei embalou muitos adolescentes nos anos 80 e catapultou Johnny Depp para o status de cool guy. A série foi ressuscitada no ano de 2012, vinte anos depois de seu término na TV.

Apoiado em grande parte no carisma de Channing Tatum e de Jonah Hill, o filme é surpreendentemente engraçado. Ainda dá um desfecho para os personagens originais de Depp e de Peter Deluise. Rendeu uma sequência regular.

Sex and the City

sex_and_the_city

Apesar do primeiro filme ter sido um sucesso absoluto (mais de 200 milhões de dólares arrecadados), Sex and the City 2 veio para provar que nem sempre personagens queridas do grande público merecem ser revisitadas.

Com um fiapo de roteiro e situações constrangedoras, o legado de Carrie Bradshaw ficou abalado depois da viagem para Adu Dhabi. Ainda há previsão de um terceiro capítulo para amarrar a trilogia.