Esquadrão Suicida | Os melhores momentos do novo trailer

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Começando com as notas de abertura de “Bohemian Rhapsody”, do Queen, o novo trailer de Esquadrão Suicida revela bem mais do tom e do estilo do filme dirigido e escrito por David Ayer (Corações de Ferro) do que a primeira prévia, que parece genérica e desprovida de humor se comparada a recém-lançada. Como os novos cartazes e imagens promocionais confirmaram, o clima de Esquadrão é muito mais niilista, culpadamente divertido e cheio de humor negro do que se pode pensar.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A marcação com “Bohemian Rhapsody” é só uma das muitas gracinhas do trailer, que dá destaque para a atuação destruidora de Margot Robbie como Harley Quinn/Arlequina. A endiabrada personagem da sempre excelente Robbie (assistam não só a O Lobo de Wall Street, mas também o ótimo Z for Zachariah para se prepararem para a atuação dela aqui) rouba cenas a torto e a direito, com a atriz montando uma persona cativantemente exagerada sem acabar histriônica demais. Esse é exatamente o medo com a performance de Jared Leto como o Coringa, no entanto, mas esse segundo trailer nos deixa um pouco mais tranquilos com alguns detalhes.

Apesar da caracterização ridícula do personagem ainda estar presente, podemos ver o Coringa com uma metralhadora nas mãos e um terno formal, que remete à interpretação gângster do personagem feita por Jack Nicholson, no Batman original. Os outros poucos sneak peeks que temos de Leto no papel também mostram alguns elementos promissores, especialmente quanto à fisicalidade do ator ao incorporá-lo (é memorável a ceninha em que ele se joga de uma altura considerável em um tanque de um material não identificável). Ainda temos que esperar para ver, e o nosso pezinho atrás continua ali, mas o segundo trailer de Esquadrão Suicida mostra que nem tudo deve estar perdido.

No mais, o trailer diminui o tempo gasto com burocracias da trama e não revela demais, preferindo nos mostrar a ação e os “heróis” (ou “vilões”) nas ruas, fazendo seus trabalhos. Os neons e a estética suja da direção de Ayer funcionam surpreendentemente bem, e algumas outras performances e visuais são revelados com mais detalhes, vide a sombria expressão de Will Smith como o Pistoleiro e o porte misterioso de Cara Delevigne como a Magia. Enfim, tudo parece estar mais do que em ordem para Esquadrão Suicida se tornar o destaque inesperado entre os filmes de super-heróis do ano, mesmo com Batman Vs Superman e Capitão América: Guerra Civil no páreo.

Seguindo na contramão da maioria dos trailers contemporâneos, que mostram com detalhes a trama do filme e destacam um cliffhanger no final, Esquadrão Suicida quis nos mostrar mais do seu estilo, seu visual, suas performances e os elementos que o tornam verdadeiramente chamativo no cenário de filmes de super-heroís atual. Funcionou: agora, oficialmente, nós mal podemos esperar pelo dia 4 de Agosto, quando o filme estreia nos cinemas brasileiros.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio