Marvel vs DC | O que esperar dos embates de super-heróis em 2016

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Ao longo dos próximos cinco anos, não faltarão filmes de super-heróis nos cinemas produzidos pela Marvel e DC, incluindo 2016.

Com toda certeza, um dos filmes mais esperados deste ano é a sequência de Capitão América, que nos contará atraves das grandes telas um pouco da tão grandiosa história da série de quadrinhos intitulada Guerra Civil. Esses acontecimentos colocam em lados opostos o Capitão América e o Homem de Ferro com um elenco que inclui praticamente todos os personagens principais (e secundários) do Universo Cinematográfico Marvel. Esse projeto é certamente o mais ambicioso empreendimento do estúdio desde o primeiro filme dos Vingadores em 2012.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A lista de heróis e vilões inclui (não estando limitado a): Capitão América, Homem de Ferro, Homem-Aranha, Viúva Negra, Feiticeira Escarlate, Homem Formiga, o Agente 13, Soldado Invernal, Gavião Arqueiro, Barão Zemo, Ossos Cruzados, Pantera Negra, Visão, General Ross, Falcão e Maquina de Combate. Rumores também voaram ao redor sobre a pequena possibilidade de Mark Ruffalo poder reprisar seu papel como o Hulk, embora Thor de Chris Hemsworth quase certamente não estará em Capitão América: Guerra Civil.

Mas isso será um fator positivo ou negativo para Guerra Civil? Por um lado, algumas das melhores sequências nos dois filmes Vingadores foram aqueles onde os nossos heróis lutaram um contra o outro. Há uma profunda curiosidade de todos os fãs que sempre nos leva a perguntar quem ganharia em uma luta? Em um filme que divide todos os nossos heróis favoritos em lados opostos, essa pergunta vai finalmente ter uma resposta definitiva. Mesmo assim, pensamos se isso é uma questão que precisam realmente ser levada a diante. Por um lado, vai ser uma batalha real de personagens queridos, por outro é uma história inteira para desenvolver não só um filme, mas o que virá a seguir dessas histórias, especialmente com a DC lançando um conceito similar com muito mais premissa muito mais simples algumas semanas após o lançamento de Guerra Civil nos cinemas.

É então que temos os nossos heróis divididos novamente, só que agora em uma batalha promovida pela DC e Warner. Naturalmente, estamos falando de Batman Vs Superman: A Origem da Justiça, que nos dará muito mais seriedade e complexidade enquanto Guerra Civil trará contextos mais individuais de cada personagem. Sabemos disso principalmente após as imagens e trailers lançados por cada filme, pelas notícias envolvendo os filmes, como a de Robert Downey Jr questionando uma participação maior nos filmes. A Origem da Justiça e Guerra Civil não dividem apenas o público por serem produções de Marvel e DC, mas por terem propostas diferentes.

Batman Vs Superman colocou em sua história o que tinha de melhor e dará completa ênfase às histórias de Batman e Superman, enquanto Guerra Civil se dividirá entre vários personagens (seja por questões de contrato ou de ideias), alguns desses expressivos e outros nem tanto assim. Em A Origem da Justiça, teremos Mulher-Maravilha e Lex Luthor, enquanto em Guerra Civil teremos toda uma história icônica e de dimensões grandiosas para os fãs dos quadrinhos da Marvel. O que podemos ver até agora também é a aura sombria de O Cavaleiro das Trevas, aura lançada por Christopher Nolan nos cinemas, e que deverá ter muito fundamento para a continuidade de Batman Vs Superman, em contraponto, a Marvel manterá sua veia de ação com toques de humor, traço de todos os filmes lançados até aqui pelo seu Universo Cinematográfico.

Mas mesmo com tantas ideias fixas, vimos nos trailers e imagens também perspectivas diferentes, como no diálogo dos protagonistas do filme da DC enquanto discutem quem estaria acompanhando a Mulher-Maravilha, lançando uma certa aura de humor e descontração aos tons obscurecidos do filme. Pelas imagens e pela última sequência que vimos antes de Guerra Civil, quando Capitão América discute com o Falcão sobre o que fazer com Bucky Barnes, vemos em seu rosto uma expressão mais séria, durante seu curto diálogo na cena pós-créditos de Homem-Formiga, que é também colocada em uma dimensão mais sobrecarregada do que vimos a Marvel fazer até aqui.

Ou seja, tanto Marvel como DC podem facilmente manter suas premissas como inaugurar roupagens novas a partir daqui.

 Vamos esperar mais alguns meses para descobrir.

Batman Vs Superman: A Origem da Justiça estreia no Brasil em 24 de março, enquanto Capitão América: Guerra Civil chega por aqui em 28 de abril.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio