The Walking Dead | Com nova comunidade, série se aproxima mais da ameaça de Negan

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A primeira coisa que se pode notar sobre o 11º episódio da sexta temporada de The Walking Dead, “Knots Untie”, foi que esse é o segundo episódio em seguida no qual as coisas não dão muito errado, o que costumava ser uma raridade na série de zumbis.

Para esse efeito, a EW comentou o que essencialmente causou essa visível tranquilidade na trama: essa é a segunda semana em que os Walkers mal aparecem em tela. Aqui, os Alexandrinos encontram um novo grupo de sobreviventes, que não parece ser totalmente horrível, e Jesus continua passando uma boa impressão. O episódio não se intimida em continuar construindo um romance importante que a série ensaiou na semana passada.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Sim, o casal do momento é Rick e Michonne (ou “Richonne”), mas existe uma trama interessante começando a aparecer entre Abrahham e Sasha. No episódio deste domingo (28), Sasha deixa de ser a parceira de patrulha de Abraham, uma decisão que parece em parte tomada para fazer Abraham recuar com seus flertes. A EW observou que, embora The Walking Dead nos diga que Abraham e Rosita ainda são um casal, a mente do personagem de Michael Cudlitz não está com a parceira do momento, e sim com a sua nova paixão, a agora distante Sasha.

Entre Rick e Michonne o grande desenvolvimento do episódio tem a ver com Carl e companhia descobrindo sobre o romance dos dois. O crítico do AVClub expressou alívio quanto à atitude do filho de Rick, que compreendeu a situação e até se ofereceu para ficar para trás quando um grupo dos nossos protagonistas parte com Jesus para conhecer o local onde o pequeno aglomerado de civilização que ele lidera está instalado, a fim de estabelecer uma relação comercial de troca entre as armas do nosso grupo protagonista e a comida e provisões do grupo de Jesus.

O seu grupo de sobreviventes já faz esse tipo de troca com outros grupos, o que, segundo o EW, mostra que The Walking Dead está disposta a ampliar e expandir o seu escopo – não é que nunca tenhamos visto outros pequenos espaços em que a civilização sobreviveu antes, mas nunca passamos muito tempo com elas. Será que a série da AMC está pronta para nos mostrar o que o mundo pós-apocalíptico é, em uma escala maior?

Por outro lado, o episódio coloca de forma organizada essa “transação” entre os dois grupos de sobreviventes, o que ainda deixa os nossos heróis em rota direta contra Negan e companhia, sem precisar de grandes reviravoltas ou do vilão simplesmente aparecendo sem explicação nos portões de Alexandria.

No caminho para a comunidade de Jesus, chamada Hilltop, nossos protagonistas encontram um acidente de carro recente, com Walkers ainda presos entre os destroços. Desconfiados que pode ser uma armadilha de Jesus, os Alexandrinos entram em um prédio abandonado para se esconder e procurar algum sobrevivente do acidente, já que Jesus reconheceu um dos carros envolvidos nele como pertencente ao seu grupo. O “primeiro encontro” entre Rick e Michonne provavelmente é dentro desse prédio, matando Walkers a torto e a direito – que apropriado. No prédio, nossos heróis encontram vários dos membros do grupo de Jesus, incluindo Harland, um doutor que fica grato o bastante por ter sua vida salva que arranja algumas vitaminas pré-natais para Maggie.

Depois de passar por um pequeno dilema nos portões de Hilltop, onde dois guardas com lanças em punho guardam a entrada, o grupo entra na comunidade e encontra uma enorme mansão rodeada por vários trailers. Há mais alguém que o grupo precisa conhecer antes de se aclimatar ao local, no entanto: Gregory.

Ele é um personagem perfeito para o ator Xander Berkeley, conhecido pelos papeis em O Exterminador do Futuro 2 e Busca Implacável. Arrogante e cínico brutamontes, mas também esperto o bastante para que não seja imediatamente dispensável, o personagem ainda dá a Maggie algo de mais concreto para fazer, a tornando muito mais o rosto e a voz dos Alexandrinos do que o próprio Rick.

A negociação com o pessoal em Hilltop, e especialmente com Gregory, não é fácil. O personagem de Berkeley quer ter o comando da situação, e Maggie não aceita, sabendo que a situação de provisões que Hilltop está enfrentando é grave. É quando um grupo de moradores de Hilltop chega de uma visita à Negan, onde foram entregar a ele uma parte das suas já rarefeitas provisões, o preço a ser pago para que a comunidade não seja atacada. Negan achou que o pacote de provisões era insuficiente, e matou alguns dos membros do grupo em retribuição, dando a outro deles uma missão: matar Gregory.

Quando esse “traidor” tenta esfaquear o líder de Hilltop, no entanto, Rick entra em ação e começa uma cadeia de confrontos físicos que acaba com o homem em questão apunhalado no pescoço e sangrando litros em cima de Rick. Essa é a grande cena de ação do episódio, que o jornalista do AVClub declarou “comparativamente discreta” em relação a outros episódios da série.

Quando ficam sabendo da situação de Hilltop com Negan, os nossos heróis oferecem uma nova troca à Gregory e Jesus: acreditando que são capazes de derrotar Negan e companhia, graças as muitas outras lutas que sobreviveram, os Alexandrinos oferecem seu poder “bélico” em troca de uma parte da comida de Hilltop. Sem escolha, Gregory aceita, e nossos sobreviventes lotam o trailer com comida para voltar à Alexandria, levando de volta Jesus e mais um dos moradores de Hilltop, que disse conhecer bem o covil de Negan e seus capangas.

Como um favor à Maggie, o médico Harlan também faz um ultrassom de seu bebê. Ela e Glenn olham maravilhados para a imagem em negativo, e até Abraham, que anteriormente havia censurado Glenn por trazer uma criança a esse mundo pós-apocalíptico, precisa admirar o milagre da vida. Ele e todos os Alexandrinos partem cheios de uma nova esperança que não é característica de The Walking Dead, apesar de Michonne prever que essa nova missão deve custar muito a eles também no futuro.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio