Vamos tirar uma coisa do caminho: esse artigo não é, absolutamente não é, uma tentativa de denegrir o trabalho espetacular feito pelo galês Christian Bale como Bruce Wayne/Batman na brilhante trilogia de Christopher Nolan e, especialmente, no seu melhor filme, O Cavaleiro das Trevas. Bale é o vencedor de um Oscar, um Globo de Ouro e dois Critics Choice Awards, e não é a toa – ele é um dos melhores atores de sua geração.

O próprio Ben Affleck, em várias ocasiões, se derreteu em elogios sobre o trabalho de seu predecessor, mas o ator americano que assumiu o manto no polêmico Batman vs Superman: A Origem da Justiça também tem suas virtudes. Embora a carreira não seja tão consistente quanto a de Bale, Affleck entregou algumas interpretações interessantes no decorrer dos anos, e se mostrou conhecedor do jogo de Hollywood ao se adaptar aos muitos altos e baixos que a mídia lhe proporcionou.

É justamente por causa da excelência desses dois atores que existem argumentos o bastante para dizer que o Batman de Affleck é melhor que o Batman de Bale. Provavelmente existiriam também para dizer o contrário, e é isso que é realmente bacana sobre essas discussões: analisar duas abordagens de um mesmo personagem arraigado no subconsciente coletivo, e entender onde elas se encaixam.


Então vamos lá:

batmanvsupermanelenco

1) O Batman de Ben Affleck trabalha em equipe

Na interpretação de Christian Bale, também por conta de terem sido filmes solo do Morcego, o Batman era o tipo de super-herói que estava sempre um passo a frente de todo mundo (com a exceção do Coringa, em certos momentos). Aliado ou inimigo, o Batman sempre estava a frente de tudo e chegando nos lugares antes de todo mundo – por boa parte de Batman vs Superman, no entanto, o Bruce de Ben Affleck apenas observa as coisas se desenrolarem, o que pode parecer uma fraqueza, mas é exatamente porque o Batman é um herói tão atípico.

Muitas vezes referido como “o melhor detetive do mundo”, a grande habilidade de Bruce e entender o ambiente ao seu redor e deduzir coisas a partir dele, decidindo com cuidado o plano de ação e agindo de forma menos puramente forçosa e mais inteligente que seus colegas. Isso faz sentido para um Batman que em breve estará se aliando a super-heróis mais poderosos que ele em Liga da Justiça.

batmanaffleck

2) Ben Affleck desenha um arco dramático mais claro que Bale

Embora o clima sombrio de Batman vs Superman tenha sido muito criticado por sua falta de humor ou qualquer respiro para o espectador, a verdade é que o filme constrói essa atmosfera com muita habilidade e desenha o arco de seus personagens de forma arrojada por conta da permissão que teve de seguir esse caminho. Para o Batman de Affleck, portanto, é possível observar como o personagem se resigna ao funcionamento complexo do mundo e ao que a figura do Superman representa.

Da raiva a uma surpreendente aceitação de seu destino e propósito, o Bruce de Affleck é mais complexo de algumas formas do que o de Bale, porque lhe é permitido ser assim, e o ator agarra essa oportunidade e cria sutilmente um arco dramático que conseguimos acompanhar claramente durante o filme.

batmanvssuperman

3) O Batman de Ben Affleck é decididamente mais mortal

No mundo de deuses e mitos da DC, o Batman sempre serviu como o embasamento humano, um ícone de justiça falho que muitas vezes serviu para colocar as histórias da editora firmemente no plano terreno. Affleck e o roteiro de Batman vs Superman entendem isso, e há um esforço muito perceptível para retratar essa mortalidade, esse definitivo afastamento da infalibilidade e do maniqueísmo moral. Em muitos sentidos, o Batman de Affleck está muito errado sobre muitas coisas, mas o que o filme nos diz é que ele pode estar – ele é apenas humano.

brucewayne

4) Ben Affleck mostra mais o lado Bruce Wayne do personagem

Frequentemente se diz que interpretar Batman é interpretar dois papéis: o do multimilionário homem de negócios e playboy, e o de vigilante com traumas e pesadelos grotescos. Bale adicionou uma dimensão a essa dicotomia, dando espaço para o órfão machucado e abandonado dentro de Bruce Wayne entrar na composição dos filmes que estrelou. O que Affleck faz é realçar cada uma dessas facetas e construir um Bruce Wayne que é todas essas três coisas (ao mesmo tempo), assim como é um garoto mimado e privilegiado, e um cara comum tentando fazer mais do que pode, mesmo que de uma forma torta.

batmandark

5) O Batman de Affleck é mais fiel aos quadrinhos

Em uma cena do filme, vemos Ben Affleck em seu uniforme emprestado direto dos quadrinhos The Dark Knight Returns, de Frank Miller, mas sem sua máscara, mexendo em um computador e procurando por evidências como um bom detetive. Essa imagem apela para o espectador de uma forma que poucos filmes de super-heróis fizeram – nós já o vimos terem suas máscaras arrancadas durante batalhas, mas quantas vezes os vimos casualmente fazendo seu trabalho, vestindo seus trajes? Isso humaniza o que eles fazem de alguma forma, dissolve a barreira entre o vigilante e sua identidade secreta.

O Batman de Affleck é mais fiel aos quadrinhos por muitos dos outros motivos que já citamos acima, mas é principalmente ao criar imagens assim que sua interpretação e Batman vs. Superman acertam em cheio na construção do personagem. Ele já está pronto, ali, nos quadrinhos. Não há a necessidade de fazê-lo nada mais do que ele já é.

Conheça os filmes da DC que vão suceder Batman vs Superman