Opinião | Arrow mata personagem em devastador, mas essencial, episódio

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Atenção para spoilers da série a seguir!

Vamos aos fatos: Laurel Lance está morta em Arrow. Ou será que está? Nessa discussão entraremos um pouco depois, mas “Eleven Fifty-Nine”, o 18º episódio do quarto ano da série da CW, exibido nesta quarta (6), nos entregou algumas cenas devastadoras em que Laurel é apunhalada por Damien Darhk, que jurou ao pai de Laurel que mataria sua filha se um dia o antigo capitão o traísse. Ainda mais emocional foi a despedida da personagem, que teve alguns momentos para dizer adeus à Oliver e o restante do time.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Atriz fala sobre despedida da personagem

Além disso, há mais algumas coisas que você precisa saber sobre “Eleven Fifty-Nine”: nas sequências de flashbacks, vemos Oliver e Tatiana escapando do sacrifício pagão de Reiter e aparentemente o matando ao derrubar o peso de uma caverna em cima do vilão; Tatiana fez Oliver prometer ir até a Rússia falar com os pais dela e do irmão caso ela não sobrevivesse, e Oliver em troca fez Tatiana prometer entregar uma mensagem para Laurel se ele não saísse vivo da ilha; no presente, Andy Diggle traiu o time ao entregar uma pedra mística para Malcolm Merlyn, permitindo que ele recuperasse muitos de seus poderes e libertasse vários vilões da prisão Iron Heights.

Os críticos do Collider e do AVClub tiveram visões diferente sobre a morte da personagem de Katie Cassidy, e a forma como a série lidou com ela e com seus momentos finais. Para o primeiro, a jornada final da Canário Negro só mostrou que os roteiristas nunca tiveram muita ideia do que fazem com a personagem – ele citou que Laurel passou de namorada desconfiada à um desastre alcoolizado, passando por heroína em treinamento e finalmente emergindo como uma lutadora confiante (e uma advogada) na quarta temporada.

A morte de Laurel, para o jornalista, vem em um momento inconveniente e denota que as razões que consegue pensar para a escolha da personagem como o sacrifício da vez não são convincentes o bastante: era para ser só mais uma rachadura na armadura do time Arrow? Ou os roteiristas a eliminaram para deixar de lado qualquer possibilidade de triângulo amoroso entre ela, Felicity e Oliver? Alguns fãs do casal Olicity com certeza vão respirar aliviados que a Canário Negro, par romântico do Arqueiro nos quadrinhos, não está mais entre nós.

Enquanto isso, o escritor do AVClub notou que “Eleven Fifty-Nine” não se parece com um episódio realmente completo, porque deixa muitas pontas soltas para o espectador especular. Primeiro, ele citou o fato de que o médico do hospital onde Laurel estava internada informou os nossos heróis de que a heroína provavelmente iria ficar bem; segundo, o pedido misterioso de Laurel para Oliver logo antes de morrer. A câmera do diretor Rob Hardy corta rapidamente para outra cena assim que Laurel vai fazer o pedido para o ex-namorado, e logo em seguida vemos Laurel convulsionando e morrendo na cama do hospital.

O jornalista citou o conceito narrativo conhecido como “a arma de Chekhov”, que diz que qualquer coisa introduzida na trama precisa ter uma consequência direta nela, ou sua introdução não é justificada. Qual foi o pedido de Laurel para Oliver? Como a personagem mencionou algo sobre o seu uniforme, será que seria muito estranho pensar que seu pedido tinha a ver com algum amuleto ou mágica que a permita fingir sua morte? Tudo depende, é claro, dos próximos episódios, mas “Eleven Fifty-Nine” tem bons momentos próprios.

John Barrowman e Neal McDonough atuando juntos como os vilões principais da série no momento são sempre um prazer de assistir, e a reação de Quentin Lance quando fica sabendo da morte da filha é um momento emocional arrasador para qualquer espectador. Enquanto isso, Diggle entregou um ultimato para Oliver que é um dos diálogos mais bem escritos da série em muito tempo.

O valor total de “Eleven Fifty-Nine”, no entanto, só vamos saber quando descobrirmos as consequências de tudo o que aconteceu aqui.

Produtor justifica morte de personagem no último episódio

Após episódio chocante, Diggle cruza a linha no novo trailer da série

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio