The Flash | Zoom desmascarado e Barry sem poderes no novo episódio

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O 18º episódio da temporada de The Flash, exibido nesta terça (19) nos EUA, marcou o momento em que a série se desprendeu de seus deveres com “vilões da semana” e spin-offs para finalmente se engajar na resolução da trama de Zoom, o grande vilão da temporada.

Nossos heróis desmascararam o velocista, descobrindo que se tratava de Hunter Zolomon, e que o Jay Garrick que eles conheceram e acolheram nunca realmente existiu. Zolomon teve uma infância difícil, mas muito parecida com a de Barry Allen, como a série fez questão de destacar: o pai de Zolomon matou a mãe do garoto, e o órfão solitário cresceu para se tornar um desvairado serial killer. Capturado, Zolomon foi atingido pela explosão do acelerador enquanto um psiquiatra o submetia a terapia de eletrochoque, o que lhe deu os poderes de velocista.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Temas familiares

Essa reversão de certa forma da história de Barry acompanha o tema do episódio, intitulado “Versus Zoom”. Da forma como a série pinta, a única diferença do passado de Barry para o passado de Zolomon é que Barry teve uma família que o acolheu e que se tornou o seu sistema de apoio durante a vida, impedindo que a tragédia da infância o afetasse da forma como afetou à Zolomon.

O tema se estende para Cisco, que tem medo de se tornar o vilão que viu na Terra-2 – até que Barry o lembra de que Cisco também tem um bom sistema de apoio em seus amigos e família. O mesmo vale para Joe e Wally, quando o primeiro reclama que Wally não quer aceitar um empréstimo para conseguir uma nova casa – até que, prontamente, Barry propõe que talvez Wally só precise estar perto da família por um tempo, e por isso não quer se mudar.

O crítico do IGN elogiou o desempenho do elenco nesses momentos, especialmente Grant Gustin (Barry), Jesse L. Martin (Joe) e Carlos Valdes (Cisco), que trouxeram alma e humanidade para momentos que talvez não funcionassem caso fossem entregues por outros atores.

O clímax do episódio

Os únicos problemas que os críticos apresentaram realmente com o episódio foram com o clímax, embora nem o IGN nem o AVClub tenham indicado que certos detalhes da barganha entre Zoom e o Time Flash tenham estragado a qualidade geral do episódio.

Mesmo assim, para eles o impasse que inclui Zoom sequestrando Wally e oferecendo para trocá-lo pela velocidade de Barry esbarrou em alguns problemas: os heróis se entregaram para a barganha muito facilmente, uma vez que Zoom entregou o refém antes que a “transferência de poderes” tivesse sido feita. Com Barry perfeitamente capaz de alcançar e lutar contra Zoom, o que os impedia de descumprir o trato uma vez que ao amigo estava fora de perigo?

Um dos críticos também apontou que, de todos os atores da série, Teddy Sears, que interpreta Hunter Zolomon/Zoom, era um dos menos convincentes, e que a situação não melhora agora que ele tem que se portar como um vilão megalomaníaco.

Com um final de trama que parece pouco plausível, e que provavelmente só se desenrolou desse jeito porque estamos apenas no episódio 18 e não podemos simplesmente derrotar Zoom, “Versus Zoom”, o episódio, se sustenta por ser um passo a frente na resolução da temporada, que pareceu muito “recortada” e lenta durante o ano.

Veja o trailer do próximo episódio:

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio