The Walking Dead | Negan mata e temporada acaba com mistério torturante

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Atenção para spoilers da série a seguir!

O absurdamente esperado momento da introdução do vilão Negan finalmente chegou em The Walking Dead. O episódio deste domingo (3), intitulado “Last Day on Earth” (6×16), foi o último da sexta temporada, o que significa que só teremos mais The Walking Dead em outubro. E essa espera de seis meses vai ser particularmente excruciante para os fãs, visto que o finale termina com um gancho chocante que nos deixa no suspense sobre a identidade da primeira vítima de Negan.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Os nossos sobreviventes foram capturados ao final de um tenso episódio em que todos jogaram um jogo perigoso de gato-e-rato contra os Salvadores. Tentando deixar Alexandria e ir até Hilltop, onde Maggie poderia encontrar um médico (aquele desmaio no final do episódio da semana passada significava que ela estava entrando em trabalho de parto), já que o único doutor residente de Alexandria foi morto alguns episódios atrás, os sobreviventes encontraram grupos de Salvadores bloqueando todas as estradas e caminhos que eles tentavam tomar.

Cada um dos grupos ofereceu a Rick o mesmo acordo: em retaliação ao número de Salvadores que eles mataram, os homens iriam tomar tudo o que Rick e companhia tinham em Alexandria e matar um deles. Não é um acordo muito vantajoso, então o nosso grupo de protagonistas continuou fugindo e buscando rotas alternativas, sem muito sucesso – quando não havia bloqueio por Salvadores, havia zumbis acorrentados atrapalhando a passagem, ou grandes toras de madeira flamejantes no meio da estrada.

Eugene teve a ideia de ouro da semana ao sugerir que ele dirigisse a van até um dos grupos de Salvadores enquanto os outros tentavam carregar Maggie, à pé, pela floresta. Não funcionou, como qualquer um dos espectadores poderia ter adivinhado, e um grupo de Salvadores cortou o caminho dos sobreviventes, trazendo Eugene à reboque e também os previamente capturados Daryl (que, é claro, não está morto), Michonne, Glenn e Rosita.

Com todos alinhados e obrigados a se ajoelhar em frente aos Salvadores, finalmente fomos apresentados à Negan, na interpretação assombrosa de Jeffrey Dean Morgan, que encarnou uma versão menos boca suja (como era de se esperar), mas igualmente brutal e sarcástica do personagem, com todas as identificações visuais que ficaram atreladas a ele nos quadrinhos. Negan e Lucille entraram em cena com a frase: “Já estamos mijando nas calças? Garoto, eu tenho a impressão que estamos chegando perto”.

Furioso pelas ações do grupo de Rick, que mataram muitos Salvadores nos últimos episódios, Negan diz que não está interessado em eliminar todos aqueles que se encontram ajoelhados diante dele, porque isso seria contra produtivo. Ao contrário, ele pretende que Rick e companhia trabalhem para ele, dando aos Salvadores metade de suas provisões, exatamente como faz o pessoal de Hilltop. Negan acrescenta: “Quanto mais você lutar contra isso, pior vai ser. Então se nós batermos a sua porta, você abra essa porta. Essa porta pertence a nós agora. Se você tentar nos parar, nós vamos arromba-la”.

Selecionando uma vítima para marcar um exemplo do que poderia acontecer se alguém desobedecesse o domínio dos Salvadores, Negan inicialmente parou em Maggie, o que fez Glenn implorar para que ele não a machucasse. “É péssimo, não é? O momento em que você percebe que você não sabe de p**** nenhuma”, perguntou Negan para Rick. “Não me faça matar o pequeno futuro serial killer aqui”, asrescentou, ao perceber que Carl era filho de Rick.

Quando Negan começou a jogar seu sádico jogo de “minha mãe mandou” com Lucille, para escolher a vítima do grupo, no entanto, o episódio mudou de perspectiva, fazendo-nos ver a cena pelos olhares dos sobreviventes. Quando Lucille desceu sobre um dos personagens, portanto, não sabemos exatamente qual deles era – e o episódio cortou para os créditos logo após disso, o que significa que teremos que esperar o sétimo ano para descobrir.

A julgar pela reação dos fãs da série ao mistério deixado anteriormente quanto à morte “falsa” de Glenn antes do hiato de final de ano, será que mais esse cliffhanger não é um pouco demais? Alguns espectadores e críticos estão cansados dos truques de suspense de The Walking Dead, e muitos outros sentiram que essa primeira aparição de Negan deixou a desejar por causa disso. E você, leitor, o que achou?

As mortes mais chocantes da sexta temporada

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio