Preacher | Série estreia com muito sangue e cenas de ação simplesmente insanas

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

ATENÇÃO PARA SPOILERS DA SÉRIE A SEGUIR!

A estreia de Preacher, nova série da AMC baseada nos quadrinhos de Garth Ennis e Steve Dillon, entregou o que as críticas prometiam: violência absolutamente insana e muito, mas muito sangue e profanidade. Logo no começo, vemos um meteoro se encaminhando para a Terra, mais especificamente para a África, onde vemos um pastor falar sobre o Apocalipse, cavalos brancos e “algo que está por vir”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Os fieis parecem curtir o sermão até o momento em que algo atinge o pastor, parecendo matá-lo, mas o homem ao invés disse se reergue. Um dos fieis diz que se trata de um milagre, mas o pastor, revivido, brada “fiquem quietos!”, a voz amplificada sobrenaturalmente. Ele diz ser o profeta, o escolhido, e em seguida explode em sangue, encharcando a Igreja. Os fiéis saem correndo, e a cruz da Igreja cai, ficando de cabeça para baixo – uma bela introdução para Preacher.

Enquanto isso, no Texas, Jesse acorda e segue para sua vidinha medíocre de sacerdote de cidade pequena, dando um sermão que ninguém está interessado em ouvir na Igreja. Mais tarde, em um churrasco, Jesse conversa com Ted, que reclama de sua agenda de séries e da sua mãe. Uma criança entrega uma cerveja para Jesse escondida, e diz para o padre que não gosta de seu pai – um tipo bruto que acaba de matar um esquilo com uma espingarda.

A criança pede para Jesse machucar seu pai. Jesse tenta convencê-lo que esse não é o caminho, que é um pecado, mas a criança diz que seu pai pecou mais, e merece. Jesse diz que violência só vai gerar mais violência, mas promete encontrar um jeito de ajudar o garoto. Enquanto isso, no noticiário fictício de Preacher, uma briga se desenrola quando a cidade anuncia um novo mascote.

Jesse vai até a confusão e encontra o xerife, para quem conta a história do pai violento do garoto. O xerife diz que não pode fazer nada até que uma queixa formal contra o cara seja registrada, e Jesse retruca que a esposa e os filhos devem estar assustados demais para fazer algo assim. O xerife não parece querer perder votos mesmo que isso signifique salvar uma família de um pai violento, e sutilmente diz para Jesse continuar quieto sobre o assunto.

Cassidy e Tulip

Enquanto isso, em um jatinho particular, outro personagem famoso de Preacher, Cassidy, está cheirando cocaína com amigos. Quando Cassidy vai ao banheiro, encontra uma estranha Bíblia com mensagem diferentes escritas – nesse momento, Cassidy olha pela janela e acha que o jatinho está indo na direção errada, mas decide que é só paranoia sua.

No entanto, quando Cassidy sai do banheiro, a loucura é total. Ele ataca vários dos passageiros – um deles tem um arco-e-flecha, outro uma lança, outro um machado – e acaba matando até o piloto. Um cara aparece para jogar água benta em Cassidy e ele simplesmente corta a garganta do homem com seus dentes, em seguida drenando o seu sangue em uma garrafa de uísque. Cassidy pega um guarda chuva e pula do avião, em pleno ar.

Outra personagem envolvida em uma loucura violenta, no finalzinho do episódio de estreia de Preacher, é Tulip, que aparece dirigindo um carro que sofre um acidente e, em seguida, mata vários homens que tentam atacá-la e roubar um mapa que estava em sua posse. Duas crianças assistem a carnificina animadas e dizem para Tulip que aquilo é incrível – ao que ela reponde perguntando se um dos pais dos garotos está em casa, e em seguida se dirigindo para lá.

Ela diz que mais caras maus estão vindo atrás dela enquanto os garotos a ajudam a criar bombas a partir de latas de café. Tulip fala que é preciso caçar os caras maus e matá-los quando eles quebram seu coração, em seguida escondendo as crianças no sótão quando mais alguns homens chegam. Ouvem-se explosões, tiros, e um homem implorando por sua vida – quando as crianças saem do sótão, um helicóptero está em seu quintal. Tulip vai embora em seu carro.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio