Publicidade

The Flash | A tocante jornada de Barry Allen de volta para casa

Publicado por Caio Coletti

10/05/2016 23:23

ATENÇÃO PARA SPOILERS DA SÉRIE A SEGUIR!

Aguardadíssimo pelos fãs de The Flash, o episódio “The Runaway Dinosaur” (2×21) não decepcionou, entregando uma emocionante trama principal na busca de Barry Allen por uma forma de voltar para o seu mundo, um vilão-da-semana interessante para derrotar, e mantendo o mistério em torno dos efeitos da Força da Velocidade em Wally e Jesse.

O episódio dessa semana de The Flash começa onde o da semana passada terminou, com as consequências da explosão do acelerador de partículas – no laboratório, antes de lamentar a aparente morte de Barry, o time precisa se preocupar com Wally e Jesse. O garoto acorda rapidamente quando o time o acha, mas Harry verifica que o coração de Jesse parou.

Enquanto isso, Barry acorda na casa em que passou a infância, e encontra Joe examinando algo na sala de estar, que está cercada por uma fita de proteção à cena de crime. “Joe” diz à Barry que ele na verdade é apenas a manifestação da Força da Velocidade – uma entidade toda-poderosa que vai existir por muito tempo mesmo após o final do universo, como “Joe” explica. Quando uma figura misteriosa passa pela janela perto de Barry e “Joe”, a Força da Velocidade diz ao herói que ele precisa capturar essa figura para poder retornar ao seu mundo.

Na próxima vez que vemos Barry, ele está em um parque com “Iris”, mais uma manifestação da Força da Velocidade. O local onde eles estão é o mesmo onde dividiram o seu primeiro beijo, como revela “Iris”. Barry implora à “Iris” ajuda para chegar em casa novamente, e a moça lhe diz que ele pode voltar quando quiser – mas sem seus poderes. Para voltar ao ser o The Flash, só capturando a tal figura misteriosa.

É nesse momento que Barry nota uma espécie de tempestade de energia despontando no horizonte do parque, e Cisco aparece pedindo à Barry que ele lhe dê a mão e retorne para sua dimensão. “Iris” diz que a escolha é dele, e Barry dá as cosas para Cisco e começa a perseguir a misteriosa figura que “Joe” lhe disse para capturar.

Viga e Cisco usando seus poderes

Antes de toda essa loucura da tempestade de energia, vimos que Cisco foi capaz de sentir a brecha entre as dimensões ao tocar o traje do The Flash. Harry o encoraja a buscar Barry e usar seus poderes para tentar trazê-lo de volta, mas quando Barry dá as costas para ele e segue dentro da Força da Velocidade, Cisco retorna com os poderes esgotados para sua dimensão.

Ao mesmo tempo, o time está lidando com um vilão retornado à vida – Viga, que parece estar em um “modo zumbi” e refazendo os passos de sua última aparição. Logo, o time percebe que Viga está se dirigindo para a casa de Iris à procura dela, e a moça se oferece para servir como isca, o atraindo para o laboratório, onde Harry e Cisco podem matá-lo.

Apesar de Iris conseguir atrair a atenção do vilão antes que chegue na casa, onde Wally e Joe tentam descobrir se a explosão do acelerador de partículas deu ao garoto algum poder, no final todos acabam presos em uma sala do laboratório, com Viga esmurrando a porta do lado de fora.

Barry e Nora

Dentro da Força da Velocidade, vemos Barry à frente da lápide da mãe, acompanhado por “Henry”. Falando sobre a escolha de Barry de não salvar a mãe da morte, “Henry” pergunta se o The Flash fez às pazes com a perda, e Barry retruca perguntando de que forma alguém poderia “fazer às pazes” com algo como isso. “Henry” pergunta a Barry se ele realmente acha que Nora gostaria que ele tivesse morrido por ela em vez disso, e se as vidas falvas pelo The Flash não tem valor também.

Seguindo a figura misteriosa, Barry acaba na sala de jantar da casa de sua infância, e é confrontado por “Nora”. Ela diz à Barry que ele precisa achar um jeito de aceitar a morte da mãe, que o que ele se tornou como um herói é maravilhoso, mas não vai prevenir que coisas ruins aconteçam com ele e com aqueles a sua volta. “Nora” diz que está orgulhosa do filho – a Força da Velocidade clama saber como ela se sente em relação a isso.

Barry e “Nora” contemplam o livro favorito de Barry da infância, “The Runaway Dinosaur” (O Dinossauro Fugitivo), até que ela pergunta se ele está pronto para partir. Barry se levanta e finalmente captura a misteriosa figura, que é revelada como uma segunda versão de Barry, vestida com o traje do The Flash – os dois se tornam só um.

Nesse mesmo momento, Cisco decide tentar novamente trazer Barry de volta, dessa vez dando as mãos para Iris para que ela convença Barry a vir com eles. Quando Cisco e Iris aparecem na casa de infância de Barry, “Nora” se despede: “Corra, Barry, corra”.

De volta ao laboratório, as comemorações precisam ser adiadas quando Viga finalmente derruba a porta e entra na sala. The Flash tira Iris e os outros do caminho do perigo e corre em círculos ao redor de Viga, usando os raios para prendê-lo em uma espécie de máquina de ímãs construída por Cisco e Harry, que eventualmente o faz “desligar”.

Barry em seguida se dirige para onde Jesse está, “ressuscitando” a menina através de seus poderes. Henry diz ao filho que a partir de agora ficará em Central City para poder protegê-lo. Mais tarde, Barry e Iris dividem um momento doce em frente à lápide de Nora, que Barry tem coragem de visitar pela primeira vez desde a morte da mãe.

Mas e Zoom? O vilão aparece só no final do episódio, dando a opção para Caitlin de fugir de suas garras, mas avisando que, se ela o fizer, ele não a poupará quando atacar o time The Flash e Central City como um todo. Descobrimos que o vilão reuniu um punhado de outros supervilões da série dentro da delegacia, e começa a tramar seu ataque final.

the flash 10

Publicidade