ATENÇÃO PARA SPOILERS DA SÉRIE A SEGUIR!

Person of Interest terminou com o triunfo do Team Machine sobre as malignas forças do Samaritano, que ainda está bem vivo apesar de Finch ter desabilitado muitas de suas funções principais no final do episódio anterior, o penúltimo da série. Esse series finale, intitulado “Return 0” (5×13) começa alguns dias depois da chocante conclusão do episódio anterior, quando o colapso do Samaritano e de muitos outros sistemas digitais fez o mundo mergulhar em caos.

O Team Machine se reúne após Shaw escapar de alguns operativos do Samaritano, e Finch salvar o dia para Reese e Fusco, que quase foram executados por policiais corruptos pagos pelo sistema de inteligência artificial inimigo. Ficamos sabendo que esse último episódio de Person of Interest será sobre encontrar o último pedaço remanescente do Samaritano, escondido em um departamento governamental onde não pode ser destruído pelo vírus liberado por Finch.


Logo após se reunir, o Time Machine portanto se separada: Shaw e Fusco acabam ficando na estação de metrô, protegendo o que resta da Machine dos operativos do Samaritano. Quando os capangas finalmente chegam, os dois pulam no vagão e aceleram, tentando retirar a Machine do alcance dos inimigos. Jeff Blackwell, o operativo do Samaritano que matou Root, consegue pular no vagão a tempo, mas em um de seus melhores momentos em Person of Interest, Fusco o derrruba, logo após Blackwell acertar Shaw no ombro com uma bala.

Finch e Reese contra o Samaritano

Enquanto isso, Finch e Reese invadem o prédio governamental onde o Samaritano ainda sobrevive, e Finch coloca o mortal vírus que aniquilou o resto da inteligência artificial nos novos servidores, enquanto Reese luta contra outros operativos do Samaritano. O inimigo em Person of Interest é sempre mais esperto do que poderíamos imaginar, no entanto, e o Samaritano usa o notebook de Finch para sobreviver ao ataque do vírus, se colocando em uma antena no teto do prédio, onde pode se transferir para um satélite russo.

Ferido por uma bala, Finch diz que a única forma de parar o Samaritano é fazer o upload do código da Machine na mesma antena/satélite, mas o Samaritano pretende explodir o teto do prédio quando estiver pronto, o que significa que quem quer que cumpra a missão irá morrer. Naturalmente, Finch engana Reese e o tranca em um cofre e escolhe se sacrificar ao invés de ver o amigo morrer por uma causa que nunca foi dele – momento dos fãs de Person of Interest começarem a chorar.

Ainda mais surpreendente é a reviravolta que acontece um pouco depois, quando Finch chega ao telhado indicado pela Machine e descobre que a antena daquele prédio jamais seria capaz de se conectar ao satélite. A Machine e Reese (que liga para o parceiro) revelam que fizeram um trato para protegê-lo, e que John está nesse momento no telhado certo, que é do outro lado da rua! Parece um momento de conclusão apropriado para Person of Interest e seu astro, porque Reese sempre foi um personagem a procura de uma morte honrada após uma vida cheia de desonras. Salvar seu melhor amigo e o mundo não é tão mau.

As consequências

Enquanto isso, no metrô, Shaw descobre que Blackweel foi o responsável pela morte de Root, mas a Machine a impede de matá-lo com uma mensagem final de sua amada – uma pena, porque é justamente o tempo que Blackwell precisa para se livrar das amarras e esfaquear Fusco, que fica sangrando no chão enquanto o ruivo escapa.

Só nos reencontramos com Shaw após o míssil que matou Reese. Ela descobre o paradeiro de Blackwell e o mata com frieza, vingando a morte de Root – e dando muita satisfação aos fãs de Person of Interest. Logo em seguida, ela encontra-se com Fusco e leva Bear, o cachorro, para um passeio para a cidade, quando um telefone público toca ao seu lado. Shaw atende, e um sorriso surge em sua boca – a missão continua.

Ah é, isso sem contar que vemos rapidamente Finch se reencontrando com sua amada Rose na Itália! Um final feliz para Person of Interest é mais do que qualquer fã poderia pedir.

return 0