Scream | Noah em perigo e Brooke mais perto da verdade no sexto episódio

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

ATENÇÃO PARA SPOILERS DA SÉRIE A SEGUIR!

Os fãs de Scream já sabiam que Noah provavelmente entraria em perigo mortal em “Jeepers Creepers” (2×06), especialmente depois de ficar sabendo da comunicação secreta entre Audrey e o assassino no episódio anterior. Nesse confuso e eletrizante novo episódio, novas teorias foram lançadas, e nada mais parece ser o mesmo.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Noah dividiu com Emma sua revelação sobre Audrey, ou quase isso, uma vez que não mostrou a ela as mensagens no celular de Audrey, mas a disse que tem fortes suspeitas da amiga. Os dois resolvem investigar sozinhos, o que nunca dá certo em Scream, e descobrem que até mesmo o recepcionista do motel que disse ter visto uma segunda pessoa com a assassina da primeira temporada já está morto.

O assassino os contata para marcar um suspeito “encontro na floresta”, e mesmo com a insistência de Maggie, a mãe de Emma, a protagonista de Scream tenta ir até o local para encontrá-lo. O problema é que Maggie e Noah chegam separados, e Noah é encurralado pelo assassino em seu carro, e acorda amarrado ao lado de Audrey.

A investigação de Brooke

Enquanto isso, Brooke está decidida a investigar (também sozinha, obviamente) a possibilidade de Branson ser o assassino de Jake. Ela descobre que o álibi do moço para a noite em que Jake foi morto é uma professora da escola dos personagens, que confirma a história para Brooke, a deixando sem nenhuma escolha a não ser confrontar Branson ela mesma (novamente sozinha, porque os personagens de Scream são avessos a terem qualquer companhia).

Brooke amarra e interroga Branson, tudo sob o disfarce de um “joguinho sexual”. Branson confessa que Jake iria pagá-lo para deixar Brooke em paz, e ainda dá a dica de que Jake tinha “um acordo” com o pai de Brooke, como descobrimos em episódios anteriores. A investigação de Brooke para por aqui nesse episódio, mas pelo menos a moça parece estar indo mais fundo na verdade do que os outros personagens de Scream.

Confusão final

Voltando à Noah e Audrey amarrados juntos, os dois começam a conversar e acabam tendo um momento de verdade um com o outro – Noah confessa que roubou o celular de Audrey, mas a moça acaba não dizendo que estava envolvida nos assassinatos da primeira temporada. A reviravolta no episódio de Scream é que tudo isso na verdade foi uma armação de Audrey, tentando se inocentar – ela sequestrou Noah e os colocou no mesmo local, para que ele percebesse que ela não é a assassina.

As coisas dão errado, no entanto, quando o assassino de verdade aparece, ao mesmo tempo em que Emma (e Kieran, que a seguiu sem ela perceber, é claro) chegam ao local onde Audrey e Noah já se encontram. Todos eles acabam o episódio em plena fuga, buscando um carro que funcione para escaparem mais uma vez do assassino – fique ligado nos próximos episódios de Scream para saber onde isso tudo vai dar.

Scream, “Jeepers Creepers” (2×06)
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio