ATENÇÃO PARA SPOILERS DA SÉRIE A SEGUIR!

A quinta temporada de Arrow começou lidando com a adaptação de Oliver ao cargo de prefeito. Conforme Thea nos informa, ele está passando “como um sonâmbulo” por suas reuniões e obrigações – mesmo quando ele aparece, é para criticar a corrupção da polícia de Star City… em frente a membros da polícia de Star City.

É claro, o protagonista de Arrow só queria acesso ao cargo de prefeito para conseguir informações privilegiadas que ajudassem o Arqueiro Verde a atuar melhor, e sem um time para chamar de seu, Oliver está claramente exausto.


Felicity, é claro, quer que Oliver traga novos membros para o time, mas ele ainda tem esperanças de que o antigo vá se reunir. É quando Quentin Lance volta para Star City, mas um estado deplorável: sem emprego, em um relapso de bebedeira, sem esperanças. “Um bêbado precisa de uma razão para ficar sóbrio, e eu não tenho nenhuma”, diz o pobre personagem em um momento deprimente bem ao estilo de Arrow.

Star City em perigo

É nesse momento que Arrow nos introduz ao seu novo vilão, Tobias Church, que chega à cidade tomando conta do submundo do crime e botando pra quebrar entre os policiais corruptos de Star City. Para impor respeito, ele quer “derrubar o peixe grande da cidade”, mais conhecido como Arqueiro Verde, e para isso toma de assalto uma cerimônia de inauguração da estátua dedicada a Laurel, fazendo reféns (incluindo Oliver).

É aí que entra o primeiro dos flashbacks de Arrow no momento, para o prazer de nenhum dos fãs que odeia esse recurso. Dessa vez, vemos Oliver chegando a Rússia, tentando cumprir a promessa que fez para Taiana de matar Constantine Kovar. Oliver se mete em encrenca logo de cara, mas Anatoly o salva, e diz que a irmandade de Bratva pode ajudá-lo se ele sobreviver ao ritual violento de iniciação.

Voltando para o presente, Oliver usa um truque que Anatoly lhe ensinou para escapar de suas algemas e matar um guarda de Church, bem no momento em que Thea chega, de volta ao uniforme de Speedy, para ajudá-lo a escapar. Eles não conseguem libertar os reféns, então recuam para o covil do time para se reagrupar e planejar um novo ataque.

Speedy e Oliver em Arrow
Speedy e Oliver em Arrow

Segredos revelados

É lá no covil que desvendamos um mistério deixado no final da quarta temporada de Arrow: o que Laurel Lance, a Canário Negro, sussurrou para Oliver em seu leito de morte. “Por favor, não me deixe ser a última Canário Negro. Dessa forma, uma parte minha sempre estará com você”, diz Laurel em um flashback. De volta ao local do sequestro, Oliver tenta fazer contato com Diggle na Chechênia, sem sucesso, mas Lance chega com alguns policiais em que o Arqueiro Verde pode confiar.

Após conseguir libertar os reféns, o herói de Arrow persegue Tobias Church, que tenta escapar em um helicóptero. Os dois lutam dentro da aeronave e Oliver é empurrado para fora, usando uma flecha-paraquedas para cair suavemente. De volta ao covil, ele se conecta via Skype com Diggle, que também acha uma boa ideia trazer novos heróis para o time – ao que Oliver concorda após saber que Curtis levou uma surra ao perseguir o herói Cão Raivoso pelas ruas.

Nas duas últimas cenas, vemos Felicity chegando em seu apartamento, segundo recebida por seu novo namorado, o Detetive Malone, e também a primeira aparição de Prometheus, o novo e misterioso vilão de Arrow, que mata um dos “bons policiais” reunidos por Lance.