The Walking Dead | Negan volta a humilhar Rick em devastador quarto episódio

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

ATENÇÃO PARA SPOILERS A SEGUIR

The Walking Dead começa o episódio dessa semana, “Service” (7×04), quase tentando nos convencer que tudo está normal em Alexandria. Pouquíssimos minutos se passam, no entanto, até que Negan chegue aos portões da comunidade e faça sua melhor imitação do Lobo Mau, para a surpresa de Spencer, que não sabe quem ele é.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Negan está adiantado para sua coleta de alimentos e mantimentos de Alexandria, mas o elemento de surpresa parece ser a parte que ele mais saboreia de sua vilania. Ele proíbe Rick ou qualquer dos outros alexandrinos de falarem com Daryl, que ele trouxe à reboque – os requintes de crueldade do novo vilão de The Walking Dead ficam mais coloridos a cada semana.

Enquanto os Salvadores começam a recolher sua parte de mantimentos de Alexandria (e Dwight está particularmente interessado na motocicleta de Daryl, que ele pede para Rosita ir buscar), Negan continua humilhando Rick, e até se insinua para Maggie: “Viúvas bonitas são especiais”. A brincadeira acaba quando Carl aparece com uma arma apontada para um dos Salvadores, clamando que estavam tentando levar todos os remédios de Alexandria, e não só metade.

Obediência

Rick é quem convence seu filho a abaixar a arma e deixar Negan levar o que quiser – o protagonista de The Walking Dead continua mostrando que foi realmente afetado pela humilhação e violência do novo vilão, e é doloroso ver sua subserviência nesse episódio. Após o incidente com Carl, Negan decide levar todas as armas de Alexandria consigo, e Rick também obedece.

O problema é que Olivia, a alexandrina que cuida do inventário de armas, percebe que duas delas estão faltando, e isso não escapa a Negan. O vilão obriga Rick a convocar uma reunião de toda a comunidade e dizer a eles que esconder duas armas não vai adiantar na luta contra os Salvadores. “Não importa quantas balas temos, não é o bastante. Eles vencem”, diz o protagonista de The Walking Dead.

Rick e os alexandrinos procuram por todo lado até acharem as duas armas, e bem a tempo de Negan ir embora, Michonne chega de sua caçada, da qual voltou com um veado morto, e entrega também seu rifle. Enquanto isso, para amenizar o problema de não ter uma arma nesses tempos perigosos, Rosita e Eugene acham uma em um zumbi que precisam matar enquanto recuperam a motocicleta de Daryl – claramente, The Walking Dead está fazendo planos para o futuro.

Daryl calado

O golpe mais doloroso dado por Negan nesse episódio de The Walking Dead, no entanto, foi quando Rick perguntou se Daryl poderia ficar com eles em Alexandria. Negan prometeu considerar o caso se Daryl falasse por si mesmo e pedisse para ficar, mas o personagem de Norman Reedus não disse uma palavra – o mesmo aconteceu quando Dwight ofereceu para devolver sua motocicleta após Rosita e Eugene voltarem com ela. O que será que os Salvadores andaram fazendo com Daryl após o episódio da semana passada?

Após os Salvadores irem embora, Rick e Michonne tem um momento juntos que só aprofunda o quanto o protagonista de The Walking Dead está determinado a não desafiar Negan. Ele conta a história de Shane e como Judith não é sua filha, e diz que fará o que precisar fazer para conseguir criá-la e manter todo mundo vivo. Michonne, ainda irritada, acaba concordando.

O episódio de The Walking Dead acaba com Michonne percebendo que os Salvadores queimaram todos os colchões de Alexandria na estrada – eles não os levaram porque queriam, mas porque queriam privá-los de um lugar para dormir. Enquanto isso, Rosita e sua “arma secreta” (literalmente) visitam Eugene, a quem ela pede que fabrique balas para ela.

The Walking Dead, “Service” (7×04)
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio