Shadowhunters | Segunda temporada estreia trazendo rumo inesperado à série

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

ATENÇÃO PARA SPOILERS A SEGUIR

A segunda temporada de Shadowhunters parte pouco depois do final da primeira temporada, com os amigos de Jace – Clary, Alec (Matthew Daddario), Isabelle (Emeraude Toubia), o bruxo Magnus Bane (Harry Shum Jr.) e o vampiro Simon (Alberto Rosende) – procurando por ele. Enquanto isso, a Clave, enviou Victor Altertree (Nick Sagar) para restabelecer o Instituto – deixando a tarefa de encontrar Jace muito mais difícil.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Jace e o caminho obscuro

O desenvolvimento da Clave na série, principalmente após os eventos do primeiro ano e o episódio de estreia da nova temporada, é apresentado de forma superficial e um dos motivos é devido ao foco em Valentine e a escolha de Jace de ser manter ao lado dele, após a revelação de seu parentesco. O personagem de Valentine foi pintado como um fanático, inclinado para o genocídio de todos os submundo com a ajuda de um exército de caçadores de sombras. No entanto, Jace decide abandonar todos, a fim de aprender mais sobre si mesmo através do seu pai. Embora seja uma premissa convincente para um arco de caráter, “This Guilty Blood” esmaga a racionalização da decisão de Jace em favor de entregar sequências de ação e revelações sensacionalistas.

No entanto, é interessante ver também Shadowhunters se apoiando mais nos conhecimentos sobrenaturais da história. Mas, com Valentine introduzindo demônios, bem como a mitologia de anjos em que o legado dos caçadores de sombras é baseado, há muita coisa ainda para a série mergulhar neste aspecto. Como resultado, muitos dos personagens, especialmente os próprios caçadores de sombras, são representados como caricaturas, mesmo depois de todo esse tempo.

Equilíbrio

Talvez o ponto mais brilhante de “This Guilty Blood” seja Simon como o vampiro corajoso, que oferece o único humor e leveza que o episódio contém. Embora Simon tenha sido introduzido como o ponto de entrada dos humanos para o mundo de Shadowhunters na primeira temporada, ele é talvez o mais mudado e inalterado ao mesmo tempo.

Todos em Shadowhunters podem ter melhorado em alguns aspectos na série – as cenas de luta são mais visualmente interessantes, e os efeitos visuais foram melhorados. No entanto, a série de fantasia ainda luta para encontrar seu ponto de base em um mundo inundado por criaturas sobrenaturais, mitologias e motivações.

Shadowhunters
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio