Artigo | O futuro de Batman e do Universo DC sem Ben Affleck

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Liga da Justiça não estreou nos cinemas com a força que era esperada pela DC e pela Warner, e desde então muitas mudanças estão sendo consideradas em seus mercados cinematográficos.

Uma das maiores novidades que apareceu nas redes nos últimos dias foi a de que o filme solo do Flash (Flaspoint) marcará a última aparição de Ben Affleck na pele do Batman. A novidade foi apenas a ponta do iceberg de diversas polêmicas que já rodeiam Ben desde Batman vs Superman, seu primeiro filme dentro da DCEU.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

E agora que a saída de Affleck já é praticamente certa, conforme foi reportado pela renomada Variety, quais serão os próximos passos a serem tomados pela DC em relação ao filme solo do Batman? Sabemos que o roteiro está nos retoques finais, mas a produção se encontra um tanto quanto perdida, correndo para achar o herói perfeito.

Mas e se o passo mais inteligente for retirar o filme do Universo Estendido da DC? Talvez essa seja a opção mais inteligente a ser tomada pelo Bruce Wayne. Entenda o porquê!

Logan e Deadpool

Com filmes como Logan e Deadpool nós vimos que heróis que ganharam filmes independentes de seus universos de origem podem sim dar muito certo se tiverem seus direitos adquiridos pela empresa certa. Quando foi anunciado que Deadpool ganharia um filme justamente pela Fox, os fãs ficaram com pulgas atrás da orelha. E como resultado, ambos se saíram inesperadamente bem tanto na crítica quanto na audiência. E se o que Bruce Wayne precise no momento seja exatamente um pontapé desse tipo em um outro lugar?

Seguindo o próprio estilo

Batman é um dos heróis que mais possui aventuras solos nos quadrinhos. Desde séries animadas até filmes, ele já passou por muita coisa antes de chegar ao ponto atual. Escolher justamente esse herói com uma produção um tanto quanto atrapalhada para realizar esse experimento da DC de levar uma jornada para outro estúdio pode ser a melhor saída. Principalmente levando em consideração que o Batman possui o costume de ser um verdadeiro cavaleiro solitário. Sendo assim, não seria um problema realizar uma aventura sem outros heróis.

Hora da liberdade

Batman & Robin

Por mais que excelentes filmes do Batman tenham sido lançados nos últimos anos, tivemos também alguns exemplos de péssimas adaptações. Mas até que ponto isso é um problema dos diretores, roteiristas e pessoas envolvidas na equipe? Tirar o Batman da DCEU pode ser finalmente a chance do Matt Reeves de pensar fora da caixinha da Warner. Assim como aconteceu com Deadpool e Logan – ambos com censura altíssima – o Batman pode ganhar um filme feito verdadeiramente como os envolvidos querem fazer. Sem precisar se preocupar com universos compartilhados ou maiores imposições. Assim como James Mangold teve a permissão de fazer um filme de herói completamente único com Logan, Matt pode ter a sua chance de realizar um filme do Batman completamente fora dos padrões e entrar pra história. Apenas o futuro dirá.

Liga da Justiça está nos cinemas desde 15 de novembro.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio