8ª temporada de Game of Thrones deveria destruir o Trono de Ferro

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Faltam poucos dias para a estreia da última temporada de Game of Thrones e a HBO começou uma campanha nas redes sociais para promover a série com a ideia de fazer os fãs adivinharem quem vai ocupar o Trono de Ferro.

Entretanto, para alguns fãs, o que realmente deveria acontecer no final da série não é ter um novo personagem ocupando o trono, mas sim ele ser destruído.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Muitos espectadores e leitores dos livros acreditam que o trono é apenas uma lembrança da tirania do rei Aegon Targaryen, que foi conquistando aos poucos com seus dragões cada um dos pequenos reinos de Westeros.

O Trono de Ferro é o símbolo do monarca, que o usou como sinal de paz, mas na verdade, apenas representa sua fome de poder e glória.

Além disso, outro simbolismo do trono é um sistema de governo falho. O Trono de Ferro coloca o Rei em primeiro lugar, subjugando toda a população. Isso tem levado Westeros a diversas guerras civis, nas quais o povo tenta de todas as formas retirar o rei do poder.

O fato de um rei governar o local também tem feito com que monarcas excluam seus bastardos de sua família. Alguns até mesmo não têm medo de matar os filhos que possuíram fora do casamento.

Entre os principais personagens que podem sentar no trono, sabemos que um deles é Daenerys, e se ela não se deixar levar pelo histórico de sua família, ela deve sim destruir esse objeto.

Isso porque a destruição do trono e o início de uma nova era política em Westeros representaria aquilo que a rainha tanto desejo: a “quebra” da roda que faz todo o governo dos sete reinos girar. É um novo começo político e social.

Outro personagem que poderia fazer isso é Jon Snow, conhecido por ser socialmente justo e por não acreditar no modo como Westeros tem sido governado.

Por fim, a destruição do trono representaria um capítulo final perfeito para Game of Thrones. A série sempre girou em torno desse objeto, de seus ocupantes, sejam eles reis ou rainhas.

Claro, há uma briga contra os White Walkers por vir, mas os problemas políticos sempre foram mais interessantes e instigantes que as guerras e as criaturas mágicas da série.

A destruição do Trono de Ferro simboliza o final do “Jogo dos Tronos”, um desfecho mais do que ideal para a série e para esse universo, que pode começar uma era mais democrática que beneficiará tanto os nobres, quanto a população.

Além da oitava e última temporada, a HBO já está planejando a produção de derivados da série, um deles estrelado por Naomi Watts, ainda sem data de estreia.

A temporada final de Game of Thrones chega na HBO em 14 de abril.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio