Cuidado! Contém SPOILERS da oitava temporada de Game of Thrones!

Quem já viu o quarto episódio da temporada final de Game of Thrones, sabe que o cerco está se fechando para Daenerys. Após perder boa parte de seu exército na batalha de Winterfell, a Rainha dos Dragões sofreu ainda mais baixas em suas forças.

Em “The Last of the Starks”, Dany presenciou a execução de sua confidente Missandei, além da morte de seu dragão Rhaegal. Se a série parecia terminada com a morte do Rei da Noite, a nova reviravolta provou que o caminho para o Trono de Ferro ainda é longo.


No novo episódio de Game of Thrones, Daenerys também mostra outro lado de sua personalidade: paranoica, desconfiada e ciumenta.

Durante a celebração da vitória da Batalha de Winterfell, Daenerys legitima Gendry, que agora é o herdeiro oficial da casa Baratheon. O gesto não veio apenas pela bondade no coração da Targaryen, mas para neutralizar qualquer tentativa do bastardo de Robert Baratheon de assumir o trono de Westeros, em Game of Thrones.

No entanto, um adversário com uma justificativa ainda melhor para assumir o trono está tirando o sono de Dany: Jon Snow.

Na festa da vitória, Daenerys se incomoda com a lealdade e admiração dos homens do norte por seu amado. Ela percebe que nunca vai conseguir inspirar os guerreiros da mesma forma que Jon Snow consegue, já que a sociedade de Westeros é extremamente patriarcal.

O Rei do Norte revela para Sansa e Arya a verdade sobre sua identidade. Sansa usa a situação em seu favor e conta para Tyrion que Jon é o filho legítimo de Lyanna Stark e Rhaegar Targaryen, o verdadeiro herdeiro do Trono de Ferro.

Varys também fica sabendo da novidade, e sugere que Jon Snow seria um governante melhor que Daenerys. Ele chama a Mãe dos Dragões de “tirana”, a afirma que a deixaria morrer pelo bem de Westeros.

Dormindo com o inimigo

Cersei Lannister é a próxima adversária de Daenerys Targaryen. Porém, a Rainha de Westeros pode não ser a última pedra no sapato da Khaleesi.

Tudo indica que Game of Thrones está se encaminhando para um final trágico, no qual Daenerys vai perder a cabeça e sucumbir à loucura dos Targaryen, enfrentando Jon Snow e provavelmente destruindo grande parte de Porto Real.

A personagem de Emilia Clarke está perturbada mentalmente. Em um curto período de tempo, ela perdeu a maioria do seu exército e boa parte de seus apoiadores. Ela percebe que a casa Targaryen não está fazendo tanto sucesso em Westeros, e que a verdadeira linhagem de Jon Snow é o real obstáculo em seu caminho.

“Quando a Daenerys pediu para o Jon Snow manter o segredo sobre sua identidade, ela introduz um conflito que será bem importante daqui para a frente”, afirmou Dan Weiss, o showrunner de Game of Thrones.

Vale lembrar que a série ainda tem mais dois episódios pela frente. O próximo deve concluir a trama de Cersei e a Batalha de Porto Real. Caso a teoria apresentada se confirme, o episódio final de Game of Thrones será focado totalmente no conflito entre Daenerys Targaryen e Jon Snow.

A oitava e última temporada de Game of Thrones está focando na luta final pelo Trono de Ferro. Os episódios são disponibilizados no Brasil pela emissora e pelo serviço HBO GO simultaneamente à exibição nos Estados Unidos.
Além da oitava e última temporada, a HBO já está planejando a produção de série derivadas de Game of Thrones, uma delas estrelada por Naomi Watts, ainda sem data de estreia.
A temporada final de Game of Thrones está em exibição na HBO.