Com o mundo do entretenimento dominado por séries norte-americanas e britânicas, 3% é uma joia rara da Netflix, apesar de suas imperfeições. A 3ª temporada da produção brasileira chegou nesta sexta-feira (07) na Netflix e os novos episódios da série mostraram que ela está longe de perder o folego.

Em um artigo, o The TV AV Club falou sobre a energia que 3% segue demonstrando ter em seu terceiro ano, destacando a importância que a série tem e seu valor como entretenimento.

A energia de 3%

3% sempre foi uma série com um grande valor de entretenimento. A aventura distópica consegue divertir e ao mesmo tempo trazer um conteúdo de qualidade para o espectador, que se vê diante de diversos dilemas morais e éticos. Em sua 3ª temporada, 3% segue no mesmo ritmo acelerado (tão acelerado que os furos de roteiro não incomodam), além de trazer uma nova premissa para o universo da série.


Se antes o universo de 3% se resumia ao Maralto e ao Continente, agora temos uma terceira opção criada por Michele (Bianca Comparato), a chamada Concha, um lugar que sempre existiu nos sonhos dos fundadores e que tem perfeição comparável ao Maralto, mas que no fim não se sustenta e perde essa “magia” que o tornava o lugar perfeito.

Enfrentando diversos problemas de logística, como por exemplo uma feroz tempestade de areia, Michele acaba sendo obrigada a fazer um novo “Processo”, procedimento terrível que selecionava as pessoas para o Maralto e que volta aqui de maneira inevitável na Concha.

Essa inversão de valores é o grande trunfo da temporada, que faz com que Michele seja obrigada a abraçar um processo que ela sempre lutou contra, mostrando que a natureza humana é sombria e que no fim das contas, somos obrigados a abandonar até os nossos princípios para sobreviver.

Apesar de não ter a grife das grandes produções americanas, 3% segue sendo forte graças à seu roteiro criativo, seus personagens complexos e sua narrativa inspirada, que move a história muito rapidamente ao mesmo tempo em que não esquece de desenvolver os personagens (a evolução de Marco é um grande exemplo disso). No fim das contas, 3% mostra que apesar de estar em sua 3ª temporada, não há nenhuma intenção de tirar o pé do acelerador.

Todas as temporadas de 3% estão disponíveis na Netflix.