De John Wick a Toy Story 4: 2019 é o ano de Keanu Reeves

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Durante um bom período da década de 90, Keanu Reeves foi um dos astros mais requisitados e populares de Hollywood. Com a entrada do novo milênio, o astro parecia fadado ao esquecimento após a trilogia Matrix e outros projetos com diferentes pretensões, mas com nenhuma visando um grande estrelato para o ator. Porém, quando olhamos para 2019, Keanu Reeves foi elevado a um patamar quase divino: John Wick 3: Parabellum e Toy Story 4 são grandes projetos para se participar, e que revelam como a carreira de Reeves ressurgiu das cinzas.

A começar pela franquia de ação do silencioso John Wick. A saga começou de forma modesta em 2014, sendo um dos muitos projetos do gênero que Reeves desenvolveu, tendo se experienciado com a direção em O Homem de Tai Chi e aprofundado seu interesse pelas artes marciais. Quando John Wick se tornou bem sucedido pela maestria das cenas de ação, e também pela repercussão online de ser “aquele filme em que Keanu Reeves vinga a morte de seu cachorro”, a maré começaria a virar para o astro. O filme de Chad Stahelski e David Leitch ganharia uma continuação em 2017, que seria ainda mais elogiada e bem sucedida financeiramente, e a Lionsgate logo confirmaria um terceiro capítulo.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Era oficial. Keanu Reeves tinha uma nova trilogia para chamar de sua após os três filmes de Matrix, e com uma consistência consideravelmente mais alta do que a obra das irmãs Wachowski – que teve suas continuações criticadas. 2019 começou com John Wick 3: Parabellum, que permaneceu a linha de boas críticas da franquia da Lionsgate e superou os anteriores em arrecadação nas bilheterias. Tamanho o sucesso, foi justamente John Wick quem tirou a liderança de Vingadores: Ultimato nos EUA, que liderava as bilheterias por 3 semanas consecutivas. O resultado, como bem sabemos, levou a Lionsgate a anunciar John Wick 4 para 2021, marcando a saga do assassino aposentado como a franquia mais duradoura do ator – que declarou que fará filmes de John Wick até o público se cansar.

O lado mais leve de Keanu

E não é só este o “quarto capítulo” que conta com Keanu Reeves, já que o ator surpreendentemente também está o elenco vocal de Toy Story 4. Na animação da Pixar, ele empresta sua voz para o divertido Duke Caboom, um brinquedo que incorpora um dublê canadense inspirado em Evel Knievel – e faz sentido considerando a nacionalidade de Reeves, criado no Canadá. Talvez seja o primeiro papel do ator voltado exclusivamente para o público infantil, e as primeiras reações da crítica ao filme garantem que seu Duke Caboom é um dos pontos altos.

O sucesso do ator foi tão grande que todos querem um pedaço de Keanu Reeves. A Marvel aparentemente conversa com o ator para um papel de vilão em Os Eternos, enquanto rumores apostam que ele está em uma cena escondida de Hobbs & Shaw, spin-off de Velozes e Furiosos, que o estabeleceria como um novo antagonista da franquia; a Netflix até promoveu exaustivamente a breve participação do ator na comédia Meu Eterno Talvez, que explora um lado mais cômico do ator. Até mesmo no mundo dos games o ator foi parar, aparecendo de surpresa no mais recente trailer do aguardado Cyberpunk 2077, emprestando suas feições para um ciborgue badass.

Mas o que realmente torna Keanu Reeves tão querido para o público? Todos podemos concordar que não são suas habilidades de atuação. O ator é dono de um estilo muito particular, não muito expansivo, e que funciona melhor para personagens mais silenciosos – com exceção, claro, de seu bobalhão personagem na franquia Bill & Ted, que também ganhará uma continuação em 2020.

O que realmente encanta os fãs é seu comportamento na “vida real”, onde se revela um cara humilde e relaxado com a vida, sempre esbanjando muita educação; recentemente, um vídeo onde sai da coletiva de imprensa de John Wick 3 para tirar foto com a família de uma jornalista viralizou, assim como sua profunda resposta a Stephen Colbert quando perguntou ao ator “o que acontece depois que morremos” – “Acho que aqueles que nos amam sentirão nossa falta”. São dois momentos que revelam a postura humilde e sem qualquer cinismo do ator, e que continuam a conquistar todos a sua volta.

A internet é apaixonada por Keanu Reeves, e isso se reflete em sua persona nos cinemas. O ator tem cada vez mais projetos pela frente, e está em mais alta do que nunca, com ressurreição de Keanu não mostrando sinais de acabar tão cedo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio