Neste fim de semana, Vingadores: Ultimato ganhou um relançamento nos cinemas americanos. A ideia da Marvel é impulsionar o filme para que ele supere o Avatar (2009) de James Cameron, que é a maior bilheteria da história do cinema até o presente momento.

Curiosamente, Avatar também ganhou um relançamento em 2010 que aconteceu poucos meses depois de sua estreia original, o que está gerando algumas comparações entre os dois filmes, já que as intenções por trás do relançamento Avatar na época eram bem diferentes das de Vingadores: Ultimato.

Em um artigo, comparamos os relançamentos de Vingadores: Ultimato e Avatar.


A nova versão de Avatar

Ao contrário de Vingadores: Ultimato, Avatar não foi relançado no cinema para conquistar o posto de maior bilheteria de todos os tempos, já que esse feito já havia acontecido durante o lançamento normal do filme, que superou Titanic e ultrapassou a impressionante marca de US$ 2 bilhões.

O relançamento de Avatar aconteceu oito meses depois da primeira estreia e quatro meses depois do lançamento do longa em DVD. Essa nova versão foi produzida com 9 minutos de extras – que custaram US$ 1 milhão segundo James Cameron – e o filme lucrou US$ 33,2 milhões com essa nova versão. Curiosamente, esse valor é bem próximo dos US$ 38,4 milhões que Vingadores: Ultimato precisa para superar Avatar, o que pode explicar essa estratégia da Marvel de relançar o filme.

A nova versão de Vingadores: Ultimato

A nova versão de Vingadores: Ultimato, que chega aos cinemas 2 meses depois da estreia do filme, promete ser bem diferente da de Avatar. Ao contrário do longa de James Cameron, o filme da Marvel chega aos cinemas com apenas 7 minutos de extras, que devem ser incluidos ao final do filme e não durante dele.

Com pouco tempo de preparação, a Marvel não conseguiu inserir grandes surpresas no relançamento de Vingadores: Ultimato, que deve contar com homenagens para Stan Lee, uma cena deletada inacabada e alguns extras – provavelmente relacionados a Homem-Aranha: Longe de Casa. Avatar foi muito mais bem sucedido nisso, já que o relançamento do filme contou com cenas extras totalmente finalizadas.

O relançamento de Vingadores: Ultimato é uma clara – e nada sutíl – tentativa de fazer com que o filme ultrapasse Avatar e se torne a maior bilheteria de todos os tempos à todo custo. Infelizmente, quando comparamos os objetivos e o produto que cada relançamento se propos a entregar, o longa de James Cameron parece estar bem à frente do sucesso da Marvel.

A nova versão de Vingadores: Ultimato chega aos cinemas americanos neste fim de semana. No Brasil, ainda não foi confirmada a data de estreia do relançamento do filme.

Avatar 2 estreia em 17 de dezembro de 2020. James Cameron retorna para a direção.