O trailer mais recente de Homem-Aranha: Longe de Casa explorou as consequências dos eventos de Vingadores: Ultimato.

Dentre os efeitos das várias utilizações das Joias do Infinito, está a criação de um Multiverso da Marvel, com várias Terras alternativas surgindo a partir da linha do tempo original.

Já havia sido teorizado que Homem-Aranha: Longe de Casa seria o responsável por introduzir o conceito do Multiverso. Nick Fury, apresentando Mysterio como um herói de outra Terra, apenas confirmou a teoria.


A introdução de linhas do tempo alternativas e divergentes deixou muitos fãs pensando em como esses conceitos vão impactar o MCU daqui para a frente. Isso incluí os irmãos Russo, diretores de Vingadores: Ultimato, que não concordam com os roteiristas Christopher McFeely e Stephen Markus sobre as implicações do Multiverso na história do Capitão América.

Integração

Antes uma franquia coordenada ao máximo, o MCU agora corre o risco de sair dos trilhos. Ou correria. Com a supervisão constante de Kevin Feige, o presidente dos Estúdios Marvel, a transição tem tudo para ser um grande sucesso.

Um dos aspectos de maior sucesso do MCU é a habilidade do Estúdio de criar cuidadosamente os enredos de todos os filmes, e integrá-los na grande tapeçaria que é a franquia. O nível de planejamento de coordenação para a junção de uma quantidade tão grande de filmes, pode ser considerada uma das estratégias de maior sucesso na história de Hollywood. Vários outros estúdios tentaram repetir o sucesso da Marvel, muitos falhando no processo (quem se lembra do Dark Universe dos monstros da Universal?).

A introdução do conceito do Multiverso não é apenas o último componente a fazer parte do MCU, mas também a jogada mais ambiciosa dos Estúdios Marvel até agora.

Reflexos no Futuro

Além de Homem-Aranha: Longe de Casa, a ideia do Multiverso já foi anunciada em outros produtos da Marvel.

Uma das séries da Marvel anunciadas pelo Disney + é “Marvel’s What If?”, que deve explorar histórias clássicas das HQs em linhas do tempo alternativas.

Várias tramas interessantes estão sendo desenvolvidas. Em uma delas, Peggy Carter toma o Soro do Super Soldado e se torna o Capitão América enquanto Steve Rogers luta contra os nazistas usando uma armadura produzida por Howard Stark.

Um Loki alternativo e em posse do Tesseract também deve ter grande importância na futura série solo do vilão, também a ser exibida pelo Disney +.

Vingadores: Ultimato é realmente o fim de uma era do MCU. Servindo como conclusão para os arcos de personagens como Viúva Negra, Homem de Ferro e Capitão América, o filme também representou um novo começo para o MCU, expandido suas possibilidades em proporções quase infinitas.

Vingadores: Ultimato está em exibição nos cinemas.