Assim como o passado de Wolverine a história do programa Arma X é um grande mistério, repleto de incertezas e falsas suposições.

Embora tenha passado grande parte dos anos 1990 tentando descobrir suas origens, Logan nem sabia que o programa Arma X fazia parte de um experimento maior, o Arma Extra, que começou com a criação do Capitão América.

Ao tentarem descobrir tudo sobre o Arma Extra, tanto o Wolverine, quanto o Capitão América descobrem alguns fatos impressionantes sobre o projeto, como aponta o CBR. Essas revelações são apresentadas em Wolverine & Captain America: Weapon Plus #1.


Guiados por uma gravação do Fantomex, o Capitão América e o Wolverine descobriram que o Arma Extra criou inúmeros projetos ao mesmo tempo, incluindo alguns que ainda estavam em atividade.

Ao investigar um velho laboratório do Arma Extra, os dois heróis encontraram um quadro negro que preencheu várias lacunas sobre o passado do programa, implicando que diversos outros personagens da Marvel, como Luke Cage, Nick Fury e o agente Venom faziam parte do projeto.

Antes dessa edição, apenas alguns projetos do Arma Extra foram explicitamente nomeados. Capitão América e Isaiah Bradley foram ambos submetidos ao soro do super-soldado no Projeto: Renascimento, durante a Segunda Guerra.

Muitos projetos

Renascimento acabou se transformando no Arma Extra e o soro super-soldado passou a ser chamado de Arma I. Harry Pizer, um mutante com pele elástica fazia parte do Arma III e o vilão Bazuca fazia parte do Arma VII.

Wolverine fez parte do décimo projeto do Arma Extra, o Arma X, que foi uma operação conjunta dos EUA com o Canadá, e que acabou evoluindo em algo muito maior que os projetos anteriores. O quadro Negro que Steve e Logan encontraram identifica inúmeros projetos do Arma Extra entre o Projeto: Renascimento e o Arma X.

Arma II deu origem à Brute Force, uma equipe de animais antropomorficos dos anos 1990.

Já Arma IV deu origem ao Homem-Coisa. Arma V, por sua vez, deu origem ao Venom, ao menos à sua utilização militar (o simbionte, afinal, é uma raça alienígena que já existia). Isso também aparece na revista Web of Venom: Ve’Nam #1.

A Arma VI trata-se de experimentos realizados em prisioneiros e um desses experimentos transformou Carl Lucas em Luke Cage. Também chamado de Projeto: Poder, esse experimento buscou replicar o soro do super-soldado.

O quadro-negro também identifica Arma IX e que teria dado origem à Mary Tyfoid, da Marvel.

Arma XII era o Huntsman, enquanto que Arma XIII o Fantomex. Arma XIV, por sua vez criou as clones filhas de Emma Frost. Arma XV criou o super-sentinela Ultimation e arma XVI o Allgod.

Mais mistérios pela frente

Embora isso deixe apenas Arma VIII e Arma XI sem identificação, Wolverine e o Capitão América descobrem a existência da Arma XXX, que sugere mais de uma dúzia de projetos do Arma Extra sem identificação.

Ainda é incerto o que é o Arma XXX, ou se outras tentativas de criar super-soldados como o Arma H podem fazer parte do Arma Extra.

Mesmo se isso não acontecer, essa edição dos quadrinhos do Wolverine e Capitão América torna o programa Arma Extra parte essencial do Universo Marvel.

Enquanto que o Arma X era apenas limitado a Logan e outros personagens como o Dentes de Sabre, a introdução do Arma Extra uniu grande parte do Universo Marvel, incluindo o Capitão América.

Vamos ver o que o futuro dessa história em quadrinhos guarda para os personagens da Marvel.