Lançado há quase dez anos, Bruna Surfistinha é um marco na história de Deborah Secco e também do cinema nacional. Famosa por papeis de destaque em séries e novelas, a atriz entrou de corpo e alma no longa que conta a história de uma garota de programa oriunda da classe média paulistana que ganhou fama por publicar seus encontros na web e, logo depois, ir parar nos programas mais populares da televisão.

Repleto de cenas de sexo, a película exigiu de Deborah Secco muita disciplina e entrega. Para chegar ao resultado visto nos cinemas, a atriz revelou durante o lançamento do aplicativo de beleza Singu, da qual é sócia, em SP, que ao contrário do que as pessoas pensam, ela não ganhou dinheiro com o filme, mas sim prestígio e respeito por se tornar uma atriz pronta e entregue para aquilo que esperam de uma artista – mas perdeu dinheiro.

Dinheiro do próprio bolso

Faltando poucos dias para encerram as filmagens de Bruna Surfistinha, Deborah Secco pediu ao diretor Marcus Baldini mais uma semana no set para concluir as cenas da forma como ela gostaria. Mas, de acordo com a atriz, uma semana custaria muito caro para os produtores. Deborah Secco então deu dinheiro para que a produção trabalhasse mais uma semana com o intuito de entregarem um trabalho mais qualitativo.


“Eu estava muito envolvida com o filme, numa preparação intensa. Estava chegando no final do filme e tínhamos muitas cenas pra rodar e pouco tempo pra filmar. Não achava certo comigo, me dediquei tanto, não vou conseguir fazer as cenas como eu quero. Quero mais uma semana de filmagem. Aí o diretor disse que era impossível, que uma semana custava tanto. Então eu disse: ‘Maravilha. Eu pago. Eu preciso ter essa semana para ser a atriz que eu quero ser’”, contou Secco.

“Não tinha muita noção do que isso significava naquele momento, eu estava investindo na atriz, num sonho. As pessoas pensam: ‘Nossa, ela deve ter ganhado milhões, mas eu perdi dinheiro com Bruna Surfistinha. Ganhei muito menos do que investi. Mas depois que o filme estreou, eu vi que investi na minha história, numa subida de degrau, me tornei uma atriz entregue, pronta, que faz da melhor maneira que consegue”, explicou.

Além de Bruna Surfistinha, Deborah Secco também integrou o elenco de outros longas, entre eles, Boa Sorte, lançando em 2014. No roteiro Secco é Judite, portadora do vírus HIV em fase terminal. Deborah contracenou com a atriz Fernanda Montenegro e emagreceu 12 kg em apenas 45 dias. Logo em seguida engordou mais 14 para rodar A Estrada do Diabo.

Deborah Secco
Deborah Secco