Vingadores: Ultimato força os heróis da Marvel a darem tudo de si na luta contra Thanos. No fim, há muitros sacrifícios, mas eles conseguem trazer de volta aqueles que pereceram graças ao estalo em Guerra Infinita.

Depois disso, os personagens do Universo Cinematográfico Marvel passam a enxergar o sacrifício de Tony Stark como o ato final do maior herói do mundo, mas também parecem ignorar um pouco as dores e esforços de Bruce Banner, o Hulk, como bem aponta o CBR.

Essencialmente, o Hulk foi um dos que mais contribuiu para a vitória em Vingadores: Ultimato, por mais que não tenha batido de frente com Thanos, como os outros heróis. O mundo pós-Vingadores: Ultimato parece ter esquecido isso, como mostra Homem-Aranha: Longe de Casa. Isso pode não parecer grande coisa – parte de ser um herói é não esperar qualquer recompensa – mas é possível que isso gere consequências terríveis para o MCU.


O grande herói

Homem-Aranha: Longe de Casa estabelece que oito meses depois dos eventos de Vingadores: Ultimato, Tony Stark se tornou uma lenda moderna. Ele já era a pessoa mais famosa do planeta e agora, o Homem de Ferro se tornou o homem que deu sua vida para acabar com Thanos e seus exércitos de uma vez por todas.

Isso certamente é um nobre sacrifício, ele se torna o herói que ninguém esperava que ele se tornaria, mas enquanto o mundo se pergunta o que vai acontecer agora que não há mais Vingadores, o único que parece ser realmente lembraod é o Homem de Ferro.

Isso, claro, acaba fazendo pouco caso dos sacrifícios feitos por outros membros da equipe. Outros heróis que morreram, como a Viúva Negra mal receberam algum tipo de menção quando comparada com Tony e ninguém parece considerar a dor que muitos sentiram no filme. O Hulk agora é um homem diferente. Ele passou Vingadores: Ultimato como algo diferente daquela criatura que conhecemos em O Incrível Hulk

De fato, ele parece ser mais socialmente aceito agora que é o ‘Professor Hulk’, tendo em vista a reação das crianças em Vingadores: Ultimato. Ele parece bem popular e era de se esperar que o mundo reconhecesse sua contribuição para trazer todos os ‘estalados’ de volta.

Nenhum respeito

É importante lembrar de tudo que o Hulk fez ao longo de Vingadores: Ultimato. Depois de passar toda a sua participação no MCU com suas duas partes lutando entre si, ele encontra um equilíbrio perfeito, com todo o poder do Hulk e inteligência de Bruce Banner, mas sem a raiva desgovernada do Gigante Esmeralda.

Em Vingadores: Ultimato ele é imprescindível para o refinamento da tecnologia de viagem no tempo, que eles usam para conseguir as Joias do Infinito. Além disso, ele recupera sozinho a Joia do Tempo (aprendendo sobre a necessidade de devolvê-las exatamente no mesmo ponto em que foram pegas). Por fim, ele é quem utiliza a manopla para trazer todos de volta.

No processo de trazer os ‘estalados’ de volta á vida, Hulk sacrifica um de seus braços e passa o restante do filme sem poder usá-lo, o que justifica o fato de não ter lutado contra Thanos, é claro. 

Depois da luta, seu braço continua danificado e o diretor de Vingadores: Ultimato, Joe Russo, disse que o ferimento é permanente. Considerando que ele se recupera muito rápido da maioria dos ferimentos, o fato dele não conseguir regenerar esse dano mostra o quanto ele sacrificou pelo universo. Isso sem falar no dano emocional de ter perdido sua antiga amada, a Viúva Negra (por mais que todos queremos esquecer dessa coisa de Vingadores: Era de Ultron).

Não há murais gigantes do Hulk, como há para Tony. E ele não parece receber os devidos créditos pelos seus atos. Essas são coisas que podem fazer alguém ficar irritado, bravo pela falta de agradecimento. E você não quer ver o Hulk quando ele está bravo.

Maestro?

O Hulk constantemente é considerado um monstro. Mesmo após ter ajudado a repelir os aliens em Os Vingadores, o Hulk perdeu muito respeito ao atacar Johannesburgo em Era de Ultron. Isso explicaria a razão pela qual o Hulk não é tão aceito como ícone após Ultimato.

Depois de tudo que ele sacrificou, isso poderia fazer ele ficar cada vez mais bravo no futuro do MCU e agora que ele tem toda a inteligência de Bruce Banner à sua disposição, o que faz dele especialmente perigoso. No futuro, isso pode levar até ao surgimento de um diferente Hulk: o Maestro.

Claro que estamos extrapolando aqui, mas como uma das maiores ameaças do Universo Marvel, seria interessante ver essa abordagem nos filmes, especialmente considerando que a Joia da Mente pode corromper alguém. Quem dirá que o uso das Joias do Infinito não corromperam a mente do Hulk/ Bruce Banner?

Em todo caso, o MCU precisa de um grande vilão para suas próximas fases. Quem dirá que não será o próprio Hulk a preencher esse espaço? Não custa sonhar.