Draco Malfoy é um dos personagens marcantes da franquia Harry Potter. Assim como o protagonista, o personagem de Tom Felton cresceu durante os oito filmes baseados na obra de J.K. Rowling.

O bruxo puro-sangue reuniu as principais habilidades de Sonserina, mas conseguiu ser o típico valentão, o que o fez ser um personagem complexo. Durante o tempo da escola, o único filho de Lucius e Narcissa foi um inimigo de Harry, Ron e Hermione.

Na Batalha de Hogwarts, Draco representou o papel de vilão e tentou entregar Harry para Voldemort, com o objetivo de mostrar que os Malfoy eram leais. O garoto falhou e teve que ser salvo inúmeras vezes naquela noite pelos colegas.


No final das contas, porém, os espectadores viram uma mudança no comportamento de Draco. Até por isso, muitos se questionam, o que aconteceu com o bruxo após o fim de Harry Potter?

Draco é um adulto muito diferente

No final de Harry Potter e as Relíquias da Morte: Parte 2, na cena que se passa 19 anos depois da Batalha de Hogwarts, os fãs percebem um reencontro de Harry, Ron, Hermione e Draco. O antigo valentão dá uma dica de que está mudado.

Junto com a esposa, Astoria, Draco decide que criará o seu filho, Escórpio, sem a crença de que um bruxo puro-sangue é superior. O garoto vai para Hogwarts e se torna amigo de Alvo, filho de Harry.

Em uma mudança de lado, Escórpio sofre bullying com o amigo. Mas, Draco ensina que ele não deve se vingar. A lição dada pelo bruxo é de que a felicidade é o que importa.

Draco até luta ao lado de Harry Potter

O futuro de Draco Malfoy é apresentado na peça de teatro Harry Potter e a Criança Amaldiçoada. Nela, os fãs descobrem que Alvo e Escórpio são de Sonserina e se aproximam logo no primeiro ano em Hogwarts.

Perto do terceiro ano do garoto na escola de bruxos, Draco perde a esposa, Astoria, por conta da maldição da família, que envolve Escórpio. Mesmo assim, o personagem não mostra qualquer ressentimento com o filho. Pelo contrário, se torna um grande pai.

No ano seguinte, Alvo e Escórpio são atacados pela terrível Delphi, a única filha de Voldemort. Com um vira-tempo, a dupla cria inúmeras realidades alternativas e fica presa no ano de 1981. Draco se junta com Harry para que os dois possam salvar os filhos.

Os antigos rivais formam uma dupla e tanto, com uma parceria que não poderia ser imaginada na adolescência. Os garotos são salvos e Delphi é presa.

Os fãs, com certeza, gostariam de ver esse futuro nas telonas.