Como a DC finalmente alcançou a Marvel – sem copiar o MCU

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Desde que o MCU explodiu com seu sucesso, a DC tenta alcançar a Marvel de qualquer maneira. Com o fracasso de Liga da Justiça tudo parecia perdido para a DC, mas ao que tudo indica, o estúdio finalmente encontrou um caminho e agora parece apresentar um futuro tão promissor quanto o da Marvel.

Em um artigo, o ScreenRant falou sobre o crescimento da DC, que está alcançando o mesmo patamar que a Marvel de uma maneira completamente original.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A DC falhou em ser a Marvel

Tentando rivalizar com a Marvel, em 2014 a DC divulgou um planejamento de filmes que ia de 2016 a 2020 – justamente antes da Marvel anunciar seus planos para a Fase 3 do MCU. Porém, enquanto a Marvel se saia bem sucedida em todos os seus filmes solo, a DC falhava miseravélmente em cada tentativa.

Batman versus Superman foi um desastre entre a crítica e os fãs e Liga da Justiça simplesmente não conseguiu empolgar. Apenas Mulher-Maravilha ficou a salvo das críticas negativas feitas à franquia. No fim, a DC percebeu que não conseguiria vencer a Marvel dentro de seu próprio jogo, aceitando a derrota e mudando os planos completamente.

Com o cancelamento de Homem de Aço 2, The Flash e tantos outros filmes planejados, a DC começou a olhar de maneira diferente para o seu futuro, buscando uma maneira original de se diferenciar de seu estúdio rival. Por incrível que pareça, deu certo.

A DC se sai melhor focando em filmes solo

Focando em filmes solo de seus heróis, a DC parece ter finalmente encontrado o caminho das pedras. Aquaman se tornou o primeiro filme da DC a passar da marca de US$ 1 bilhão e Shazam! foi um dos filmes mais elogiados pela crítica especializada neste ano.

No fim, a DC descobriu que não precisava usar seus filmes para estabelecer outros maiores – como Liga da Justiça 2 – e que o fundamental era deixar seus cineastas trabalharem dentro de seu estilo. James Wan conseguiu dar muita personalidade para Aquaman, assim como Daniel F. Sandberg se saiu muito bem dirigindo Shazam!, dando toques de humor que estavam fazendo falta nos filmes da DC.

Os próximos filmes da DC são tão empolgantes quanto os da Marvel

Pela primeira vez, o futuro da DC parece tão brilhante quanto o da Marvel. Neste ano, teremos o primeiro filme solo do Coringa, que promete ser diferente de tudo que já vimos no cinema. O longa será protagonizado por Joaquim Phoenix e promete trazer um Coringa totalmente único.

Além disso a DC trará filmes como Aves de Rapina – protagonizado pela Arlequina de Margot Robbie – Mulher-Maravilha 1984, Esquadrão Suicída 2 – com James Gunn, diretor de Guardiões da Galáxia – e por fim The Batman, com Robert Pattinson.

Se distanciado da fórmula da Marvel, a DC escolheu cineastas capazes e cheios de personalidade para seus filmes. A tendência é que cada um deles entregue histórias únicas, criativas e isoladas umas das outras. No fim das contas, nem sempre é necessário construir um universo maior.

Tudo o que o público da DC quer é ver os seus heróis bem representados na tela, e tudo indica que isso finalmente vai começar a acontecer.

Próximo filme da DC, Coringa estreia no dia 3 de outubro.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio