Como Homem-Aranha pode continuar no MCU sem acordo de Sony e Marvel

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Com a saída do Homem-Aranha do MCU, a Sony terá que encontrar maneiras criativas de continuar a história do personagem, já que muitos aspectos de sua jornada estão diretamente ligados a elementos da Marvel, como Tony Stark e os Vingadores.

Um reboot da franquia é uma opção, mas o sucesso de Tom Holland no papel do Homem-Aranha enfraquece a ideia, já que o ideal para a Sony é continuar investindo nesse Homem-Aranha que já deu certo entre os fãs.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Mas como fazer isso separado do MCU? Na verdade, existem maneiras da Sony manter o Homem-Aranha de Tom Holland conectado ao MCU, sem ele estar de fato inserido no universo.

Em um artigo, o CinemaBlend falou sobre como a Sony pode manter o Homem-Aranha no MCU, sem ele estar por lá efetivamente.

Conectado e ao mesmo tempo separado do MCU

Curiosamente, o final de Homem-Aranha: Longe de Casa pode ter dado uma ótima saída para afastar o Peter Parker de Tom Holland do universo criado pela Sony. Para quem não se lembra, na cena pós-créditos do filme, a identidade do Homem-Aranha é revelada para o mundo por meio do Clarim Diário de J. Jonah Jameson, que também culpa o herói pelos atentados de Londres – como Mysterio planejava.

Com isso, o Homem-Aranha terá que lidar com muita perseguição, tanto da sociedade quanto das autoridades americanas. Isso naturalmente o afastará de suas funções no MCU ao lado dos Vingadores em seu terceiro filme, já que ele terá que lidar com seus próprios problemas e tentar limpar sua imagem perante ao mundo.

Portanto, uma saída para a Sony é “congelar” o Homem-Aranha de Tom Holland por um tempo enquanto ele teoricamente lida com as repercussões da revelação de sua identidade. Como a Sony já está estabelecendo um “Aranhaverso” com filmes variados, ela pode inserir um Homem-Aranha de outro universo em suas histórias enquanto espera a negociação com a Marvel/Disney se resolver.

É claro que isso implica em deixar o Homem-Aranha de Tom Holland – que faz muito sucesso – de lado por alguns anos, mas essa pode sim ser uma solução viável para a Sony na circustância atual.

A ilusão do Homem-Aranha no MCU

A Marvel tem muitos personagens à sua disposição e pode simplesmente continuar construindo suas Fases 4 e 5 sem o Homem-Aranha. Reescrever a história do MCU removendo o herói vai ser difícil e os roteiristas certamente terão muito trabalho nisso, já que o herói foi fundamental em todos os filmes que apareceu na franquia, mas nada é impossível.

Caso o impasse entre a Sony e a Marvel/Disney continue, é bem provável que o Homem-Aranha seja citado indiretamente no MCU daqui pra frente como “aquele cara de Nova York que escala prédios”, ou algo do tipo, o que de certa forma manteria ele dentro do universo sem mostrá-lo – ou mencioná-lo – de fato. Infelizmente, essa é uma solução que nenhum fã quer, mas pode acabar sendo a única alternativa da Marvel para não tornar seu universo incoerente.

Com toda a repercussão e polêmica em torno dessa negociação, é bem possível que a Sony e a Marvel voltem à discutir os termos rejeitados novamente. Ter o Homem-Aranha de Tom Holland fora do MCU não é vantajoso para ninguém. Vamos aguardar quais serão os próximos passos dessa polêmica.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio