Coringa é “herói do povo” em novo trailer? Entenda

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Depois de uma tentativa mal sucedida em lançar um universo compartilhado nos cinemas, a DC vai revolucionar sua fórmula com um projeto audacioso: Coringa. O filme de Todd Phillips trará uma história de origem para o eterno vilão do Batman, trazendo Joaquin Phoenix em uma nova encarnação do Palhaço do Crime, ignorando qualquer cronologia ou versão do personagem. É um projeto isolado e, a julgar pelo novo trailer, essencialmente autoral.

A alguns dias de sua estreia no Festival de Cinema de Veneza, Coringa teve um novo trailer divulgado pela Warner Bros – e é assinalado como a última prévia que veremos antes de sua estreia comercial, em outubro. Assim como o antecessor, o vídeo é bem focado na performance potencialmente sensacional de Phoenix como Arthur Fleck, o comediante fracassado que cede à loucura e acaba se transformando no Coringa em uma Gotham City dos anos 80. A estética e a montagem do trailer novamente prometem uma abordagem dramática e perturbadora, e mal podemos reconhecer o Todd Phillips que fez sucesso com as comédias Se Beber, Não Case! e Um Parto de Viagem, demonstrando uma visão muito mais madura em seus enquadramentos sofisticados.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O que o trailer final de Coringa traz de interessante é o vislumbre de um contexto político para essa Gotham City. Vemos diversas cenas em que manifestantes usam máscaras de palhaço sinistras, até carregando placas com os dizeres “somos todos palhaços” enquanto travam confrontos violentos com a polícia de Gotham. A julgar pela montagem do trailer, Arthur se inspira nesses manifestantes mascarados para criar sua maquiagem e identidade como Coringa. Mas pode ser também o oposto, com o Coringa se tornando um símbolo de resistência. Isso leva o longa para um caminho interessante, colocando o Palhaço do Crime como uma figura populista radical, e que deve dar muito o que o falar.

Rei da Comédia Dark

Phillips falou isso durante toda a divulgação, mas o novo trailer de Coringa deixa bem clara a inspiração em O Rei da Comédia, de Martin Scorsese. Não só pela presença de Robert De Niro como um comediante bem sucedido, mas pelo próprio arco de Fleck. No filme de Scorsese, De Niro era um comediante fracassado que tentava chamar a atenção da popular figura vivida por Jerry Lewis, e aqui temos Phoenix tentando fazer exatamente isso com De Niro, que vive um apresentador chamado Murray.

Mas se no filme de Scorsese tínhamos o aspirante sendo ignorado por seu ídolo, em Coringa temos algo pior: Murray ridiculariza Arthur em seu programa de TV, o que deve despertar uma ira incontrolável no protagonista. Uma ira que, em algo que não surpreende ninguém, rende uma performance absolutamente impressionante de Joaquin Phoenix, que promete honrar o legado de Heath Ledger como o vilão – e até mesmo entregar seu tão merecido Oscar de Melhor Ator, que nunca ocorreu.

Protagonizado por Joaquin Phoenix, o filme do Coringa, da DC, tem ainda no elenco Robert De Niro, Bill Camp (Operação Red Sparrow, A Grande Jogada), Frances Conroy (American Horror Story, Castle Rock), Brett Cullen (42, Narcos), Glenn Fleshler (Billions, Barry), Douglas Hodge (Operação Red Sparrow, Penny Dreadful), Marc Maron (Maron, GLOW), Josh Pais (Motherless Brooklyn, Going in Style), e Shea Whigham (O Primeiro Homem, Kong: A Ilha da Caveira).

Todd Phillips (Se Beber, Não Case!) dirige o filme e também assina o roteiro ao lado de Scott Silver (O Vencedor). A produção ainda conta com o astro Bradley Cooper.

Coringa estreia no nos cinemas brasileiros em 3 de outubro.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio