Jane não será a Thor que os fãs da Marvel estão esperando

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Já está confirmado que Jane Foster vai se transformar na Poderosa Thor em Thor: Amor e Trovão, que estreia em 2021.

Nos quadrinhos da Marvel, a heroína acaba adquirindo seus poderes se provando digna de manejar o Mjolnir – martelo sagrado do Deus do Trovão – o que está gerando muitas dúvidas entre os fãs, já que o Mjolnir foi destruído em Thor: Ragnarok.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Afinal, como Jane Foster poderá se transformar na Thor em um contexto em que o Mjolnir não existe? Em um artigo, o ScreenRant explicou essa questão.

Nos quadrinhos, o Mjolnir transforma Jane na “Poderosa Thor

Nos quadrinhos da Marvel, Jane Foster se transforma na Poderosa Thor depois dos eventos da HQ Pecado Original, onde o Deus do Trovão original, Thor Odinson, se torna indígno de seu martelo, abandonando-o na lua.

Depois disso, Jane obtém o Mjolnir e se transforma na Thor. Isso mesmo, nos quadrinhos o Mjolnir tem o poder de literalmente transformar aqueles que são dignos em Thor, dando à eles todo o arsenal de poderes do herói. Porém, é aqui que temos um grande problema, já que o martelo não funciona assim no MCU.

O Mjolnir funciona de maneira diferente no MCU

O grande problema aqui foi o fato do MCU ter mudado a dinâmica por trás do Mjolnir e dos poderes de Thor. Em Thor: Ragnarok, toda a mitologia em torno de Thor foi ignorada para dar mais dinâmica à franquia, o que afetou completamente o funcionamento do Mjolnir.

Esse filme estabeleceu que os poderes de Thor Odinson vem dele e não do martelo, ou seja, mesmo indígno ou mesmo com o martelo destruído, ele poderia sim continuar utilizando seus poderes.

Em Vingadores: Ultimato, o Capitão América utiliza o Mjolnir e não se transforma em Thor, o que prova mais uma vez que o martelo tem uma lógica nos quadrinhos e outra completamente diferente nos cinemas.

Como Jane Foster pode se tornar a Thor sem o Mjolnir

Se a ideia de que “sempre deve haver um Thor” que existe nos quadrinhos da Marvel for mantida no filmes, os roteiristas do MCU podem encontrar maneiras alternativas para transformar Jane Foster na Thor.

E se os poderes de Thor só puderem ser conceidos a alguém por uma autoridade de Asgard? Já vimos que Odin tinha a capacidade de tirar poderes de Thor Odinson, então essa possibilidade não está descartada.

Como a Valquíria é a nova Rainha de Asgard, talvez seja ela a responsável por transformar Jane Foster na Thor, já que Foster possui um conhecimento bem extenso do Bifrost, o que tornaria ela uma espécie de ponte ideal entre os mundos. De qualquer forma, ainda falta uma peça importante nessa equação, que é o Mjolnir que continua destruído.

Um Mjolnir mais poderoso pode surgir

Nos quadrinhos da Marvel, a mitologia de Thor diz que o Mjolnir é na verdade o detentor de um poder cósmico chamado “Mãe das Tempestades”. Quando ele é destruído, essa entidade recria o Mjolnir, transformando ele em uma arma ainda mais poderosa.

Toda essa trama poderia ser usada em Thor: Amor e Trovão. Jane Foster poderia se conectar com a Mãe das Tempestades, ganhando um Mjolnir ainda mais poderoso do que o que seu antecessor tinha. Com isso, Valquíria como a nova Rainha de Asgard, convocaria Jane para se tornar a nova Deusa do Trovão, utilizando um Mjolnir recém forjado.

Thor: Amor e Trovão estreia em 5 de novembro de 2021.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio