O grande problema que os X-Men do MCU podem ter

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O sonho de diversos fãs da Marvel finalmente vai se realizar agora que a compra da Fox pela Disney foi concluída, e os X-Men poderão se juntar aos Vingadores no Universo Cinematográfico da Marvel. Mas há algumas preocupações em como isso pode acontecer, principalmente após a sugestão de um dos roteiristas.

Durante entrevista para a MTV News na San Diego Comic-Con, Christopher Markus, que escreveu Capitão América 2: O Soldado Invernal, Capitão América: Guerra Civil, Vingadores: Guerra Infinita e Vingadores: Ultimato ao lado de Stephen McFeely, sugeriu que o MCU fosse bem devagar com a introdução dos X-Men em seu universo. Basicamente, McFeely prefere a abordagem usada pelos filmes da Fase 1 do estúdio, de se fazer um filme solo para cada personagem, e só depois juntá-los no futuro filme de equipe.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Eu faria as coisas bem de devagar. E se você quisesse, poderia muito bem usar o ‘Modelo dos Vingadores’. Você poderia fazer filmes solo e então juntá-los como os X-Men. Já tivemos tantos modelos da escola de Xavier… E mesmo que seja canônica nos quadrinhos, talvez haja outra forma de pensar a respeito”, sugere Markus.

Claro, Markus não está necessariamente envolvido com os filmes dos X-Men no MCU, já que estava mais envolvido nos projetos dos irmãos Russo. Logo, essa ideia é só uma suposição, mas que sinceramente não deveria ser levada em consideração. A grande força dos X-Men está justamente no fator equipe, e por mais que quase todos os mutantes tenham histórias fascinantes de origem, a prioridade deve ser a relação familiar entre eles.

O fim da Escola?

Justamente por isso, o outro comentário de Markus é preocupante: sobre a Escola para Mutantes do Professor Charles Xavier. A fala do roteirista sugere uma interpretação diferente para o núcleo dos X-Men, e isso seria uma decisão equivocada. Por mais que mudanças sejam bem-vindas, e é algo fundamental em um reboot, é uma ideia perigosa de se brincar; especialmente se aliada à proposta de um filme solo para cada mutante. E há um risco disso, afinal Kevin Feige afirmou na San Diego Comic-Con que a adaptação dos X-Men no MCU será “diferente de tudo o que já vimos até agora”, então podemos esperar algumas mudanças estruturais.

Basta lembrar também de algumas das críticas que o Homem-Aranha do MCU recebeu ao longo dos anos. Por mais que as aventuras com Tom Holland resgate o espírito adolescente dos quadrinhos, De Volta ao Lar e Longe de Casa trazem uma narrativa muito atrelada ao Homem de Ferro, além de tornarem Peter Parker praticamente um discípulo de Tony Stark. Será que os mutantes também seriam um grupo fortemente ligado a outro personagem chave do MCU? É um medo que esperamos não ter que enfrentar.

Até o momento, ainda não tivemos notícias sobre o reboot dos X-Men no MCU, mas o presidente do estúdio já confirmou que o desenvolvimento começou.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio