Por que Capitão América pode ser o 1º grande vilão da Fase 4 da Marvel

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Uma das séries mais aguardadas da Marvel no Disney+ é Falcão e o Soldado Invernal, que aparentemente acontece diretamente depois de Vingadores: Ultimato.

A conclusão desse filme deixou um buraco do tamanho do Capitão América no MCU, que pode não ser preenchido da maneira que os fãs antecipam.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Foi confirmada na série a presença de John Walker (Wyatt Russell), um membro fiel do elenco coadjuvante dos quadrinhos dos Vingadores e do Capitão América desde o final dos anos 80.

Com Steve Rogers aposentado, a presença de John Walker significa que o Capitão América pode retornar mais cedo do que o esperado. Desta vez, no entanto, sua nova versão pode ser o próximo grande vilão do MCU.

Quem é John Walker?

John Walker apareceu pela primeira vez em Capitão América #323, por Mark Gruenwald e Paul Neary. Nessa história, ele foi apresentado como o “vilão” Super Patriota.

Depois de crescer no sul e idolatrar seu irmão que foi morto em serviço, Walker foi um soldado que nunca teve o combate que ele desejava lutar. Passando por um experimento misterioso, suas habilidades foram atualizadas para níveis sobre-humanos, superando até Steve Rogers.

Tornando-se uma figura pública, o Super Patriota critica a variante desatualizada do patriotismo do Capitão América. Suas constantes tentativas de lutar contra o Capitão América são tipicamente rejeitadas, embora sua única luta final termine em um empate.

Steve Rogers acaba desistindo do manto do Capitão América depois de se recusar a responder à Comissão de Atividades Sobre-Humanas. A breve busca por candidatos substitutos passa por Falcão e Nick Fury antes de finalmente aterrissar em Walker, que é convencido a se tornar o novo Capitão América pela Dra. Valerie Cooper.

Essa mudança fez parte de uma tendência maior de substituir os heróis da Marvel, que também incluiu novos personagens sob as identidades de Thor e Homem de Ferro. A mudança foi um sucesso relativo, e Walker permaneceu o Capitão América por um ano e meio.

Durante esse tempo, ele começa a se tornar mais heroico, assumindo os ideais de Steve Rogers. Apesar disso, ele também é muito mais brutal e violento, usando sua força superior para matar inimigos. Walker acaba cedendo o título de volta a Steve Rogers e, após uma enorme perda pessoal, torna-se o Agente Americano.

Quão mau ele é?

Ainda não se sabe muito sobre como Falcão e o Soldado Invernal vai ser, ou qual o papel de Walker na série. Dada a aposentadoria de Steve Rogers como Capitão América, no entanto, o MCU estará se esforçando para substituir o ícone.

Como nas histórias em quadrinhos John Walker queria ser um ícone que substituísse o ultrapassado Steve Rogers, a versão do MCU pode seguir um caminho semelhante.

Se for dada a mesma origem de ter um irmão militar morto, o Walker do MCU também pode se ressentir do Capitão América por toda a atenção que ele recebe de outros soldados. Isso seria uma variante distorcida da própria origem de Steve, realmente fazendo de Walker um reflexo sombrio dele.

Esse desejo de ser adorado como símbolo de seu país pode até ser usado por Zemo, que está retornando na série. Todos esses fatores poderiam fazer do Capitão América de Walker um vilão a ser derrubado, e não um modelo para admirar.

Sam Wilson não é o Capitão América

Anthony Mackie afirmou recentemente que Sam Wilson não levará o manto do Capitão América na série. Ironicamente, isso reflete Walker se tornando o Capitão América nos quadrinhos. Lá, Sam Wilson recusou a oferta, pensando que o país não estava pronto para um Capitão América negro.

O Soldado Invernal também pode ser usado no lugar de Nick Fury na lista curta de substituição no MCU. Com nenhum de seus amigos mais próximos assumindo o manto, o governo ou alguma organização paralela pode escolher Walker em desespero. Isso também refletiria rumores iniciais de que o governo não queria que Wilson substituísse Rogers.

Se Walker for como nos quadrinhos, o enredo para a série já está pronto. O violento Walker, muito mais egoísta, vai ficar maluco com o legado do Capitão América. Ele pode, no entanto, eventualmente aprender a seguir mais de perto os ideais de Steve.

Isso poderia obrigar Falcão a tentar mudar a mente de Walker, assumindo o manto ou ensinando-o a agir como Steve. A primeira opção é mais provável e, ao derrotar esse falso Capitão América, Sam Wilson poderia provar que ele sempre foi o único digno de usar o escudo.

Assim que a Fase 4 começar, o MCU poderá desconstruir o legado do Primeiro Vingador, tudo antes de reconstruí-lo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio