Ad Astra deu a Brad Pitt seu pior trabalho em Hollywood

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Atenção! Contém spoilers do filme Ad Astra.

Atualmente em cartaz no Brasil, Ad Astra é um filme de ficção científica que vem dividindo a opinião dos críticos. Enquanto uns elogiam a direção de arte e a performance de Brad Pitt, outros criticaram a história e tom inconsistente do longa.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Segundo um artigo publicado pelo site CBR, em Ad Astra Brad Pitt encontra um de seus papéis mais complexos e trabalhosos, com um personagem que passa basicamente o filme inteiro sofrendo e passando por um desafio pior do que o outro.

Confira os principais pontos apresentados pelo artigo abaixo!

Quem é Roy McBride?

Roy McBride começa Ad Astra a bordo da SpaceCom, uma estação especial pertencente a uma divisão da Nasa. Ele é responsável pela comunicação, não só com extraterrestres mas também com colônias terrestres como Marte e a Lua.

Após os primeiros minutos do filme, um pane elétrico destrói grande parte da estação, matando centenas de pessoas e enviando Brad Pitt em uma descida turbulenta para a terra.

O personagem consegue sobreviver à explosão e desenvolve uma espécie de estresse pós-traumático. Após retornar ao trabalho, ele é levado para Marte para se comunicar com seu pai, interpretado por Tommy Lee Jones, que conduz experimentos com anti-matéria em Netuno.

A situação fica perigosa quando um grupo de piratas ataca a nave do personagem na superfície da lua. Nesse ponto, o público começa a perceber que Roy McBride está em uma incrível maré de azar, o que piora ainda mais quando ele descobre que a Nasa na verdade queria se comunicar com seu pai apenas para assassiná-lo.

Jornada difícil

Finalmente, McBride consegue chegar à Netuno, onde é forçado a matar toda a tripulação de uma nave, após falhar em se identificar como aliado. É aí que ele começa a enlouquecer, voando sozinho em uma nave pela imensidão do planeta. Seu pai, aparentemente, também havia perdido a sanidade.

Uma das sequências de ação mais impressionante do filme envolve Roy tentando salvar a vida do pai, que está completamente louco e tenta o atirar de fora da nave e cometer suicídio logo em seguida. Finalmente, ele consegue se livrar do pai e é obrigado a correr por um cinturão de asteroides para chegar à nave em segurança.

No final das contas, Roy finalmente decide voltar para casa. Infelizmente, sua nave não tinha combustível suficiente e seu destino permanece em aberto.

Ad Astra está em cartaz nos cinemas.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio