A Netflix revolucionou o mercado do entretenimento, mudando a maneira em que o público consome ao disponibilizar séries e filmes para que as pessoas assistissem quando, onde e como quisessem.

O modelo streaming, tão lucrativo nos últimos anos, vai continuar com toda a força, mas ao que tudo indica, a Netflix pode estar cogitando acabar com seu modelo de lançamento atual, que consiste em disponibilizar temporadas inteiras de suas séries para que o público “maratone”, ou seja, assista tudo de uma vez.

Em um artigo, o Digital Spy discutiu a mudança no modelo de consumo que a Netflix está promovendo em suas séries.


O fim das maratonas?

Em um anúncio, a Netflix dos EUA afirmou que vai lançar o reality show The Great British Baking Show (a versão original do Bake Off brasileiro) em um formato totalmente, diferente, disponibilizando um episódio por semana. Com essa estratégia, o público americano poderá acompanhar o reality show britânico ao mesmo tempo em que a população do Reino Unido, fugindo totalmente dos spoilers.

Essa decisão mostra que a Netflix está sentindo que o modelo denominado binge-watching (maratona) não funciona bem para todas as séries, especialmente aquelas que são exportadas para outros continentes, o que faz com que diversos espectadores tenham de esperar meses para acompanhar novas temporadas – o que faz com que eles recebam spoilers.

Killing Eve é um exemplo disso, já que a série é produzida pela BBC América e só chega ao Reino Unido dois meses após seu lançamento original. Considerando tudo isso, será que a Netflix vai mesmo acabar com as maratonas?

As maratonas devem continuar, pelo menos por enquanto

É difícil afirmar isso com toda a certeza, e é quase certo que a Netflix não vai adotar essa estratégia para todas as suas produções. Stranger Things é uma série que funciona muito bem no modelo maratona, assim como La Casa de Papel e tantas outras produções populares.

Por outro lado, Game of Thrones, da HBO, é um exemplo perfeito de como o lançamento semanal pode dar certo, já que ela engajava o público de uma maneira avassaladora. Cada episódio da série era discutido ao longo da semana e diversas teorias eram criadas. Isso acontece com as séries da Netflix? Sim, mas a proporção está longe de ser a mesma.

No fim das contas, a tendência é que a Netflix utilize esse formato de lançamento semanal para algumas produções pontuais, como reality shows e outras séries menores. Portanto, não se preocupe, você vai continuar podendo maratonar Stranger Things e La Casa de Papel nos próximos anos.

Você sabia que Stranger Things 3 está salvando a Netflix? Veja também porque Titãs é melhor na Netflix do que no DC Universe! A Netflix tem culpa? Entenda a polêmica de 13 Reasons Why! Saiba como a Netflix roubou toda a atenção da D23 Expo 2019 e quantos usuários do streaming compartilham suas senhas e entenda porque a Netflix pode começar a ter propagandas em breve no Observatório de Séries.