A franquia Velozes e Furiosos está enfrentando problemas nos bastidores. Desde 2017, período das gravações de Velozes e Furiosos 8, Vin Diesel e Dwayne Johnson não estão tendo uma boa relação.

Em diversas postagens das redes sociais na época, os dois astros de Velozes e Furiosos mandavam indiretas acusando um ao outro de serem irresponsáveis e pouco profissionais. A confusão envolveu até mesmo o ator Tyrese Gibson, que tomou o lado de Vin Diesel na história.

A criação do derivado Velozes e Furiosos: Hobbs & Shaw só piorou ainda mais a situação, já que Tyrese Gibson acusou Dwayne Johnson de “tentar separar a família”. Afinal, como essa “treta” vai se resolver antes do nono filme da franquia?


O WhatCulture falou sobre como Velozes e Furiosos 9 fugiu do problema de Vin Diesel e Dwayne Johnson.

Problema resolvido?

Ao que tudo indica, o problema foi resolvido da maneira mais simples possível: Dwayne Johnson não vai aparecer em Velozes e Furiosos 9.

Ainda não se sabe se o astro vai aparecer no 10º filme da franquia – que alguns dizem que será o último – mas sua ausência em Velozes e Furiosos 9 já ameniza o clima ruim que ronda o set de filmagens.

É bom lembrar que em Velozes e Furiosos 8, os astros sequem queriam filmar juntos, se mantendo totalmente separados durante a campanha de marketing do filme. Esses fatores, somados ao sucesso do derivado Hobbs & Shaw, indicam que a franquia está se dividindo em duas vertentes bem definidas.

De um lado, teremos a franquia principal de Velozes e Furiosos, comandada por Vin Diesel. Do outro, ficarão os filmes derivados de Hobbs & Shaw, protagonizados por Dwayne Johnson. No fim, a solução dos problemas parece ter sido separar os dois “machos alfa” da franquia, dando a eles o espaço que precisam para não entrarem em conflito. É melhor assim.

Derivado da franquia, Velozes e Furiosos: Hobbs & Shaw está em exibição nos cinemas.

Velozes e Furiosos 9 estreia em 22 de maio de 2020.