Vendido como o capítulo final da saga Skywalker nos cinemas, Star Wars: A Ascensão Skywalker tem a difícil missão de amarrar uma história contada em nove filmes.

Com a trilogia original, a trilogia prelúdio e a atual, quase toda a história da franquia Star Wars girou em torno da família Skywalker. Ao longo de todos esses filmes, muitos furos de roteiro e mistérios acabam ficando sem resolução, o que coloca nas costas de Star Wars: A Ascensão Skywalker a obrigação de resolver essas tramas.

Em um artigo, o ScreenRant falou sobre todos os mistérios que Star Wars: A Ascensão Skywalker precisa resolver para encerrar a saga Skywalker.


Hayden Christensen, o Anakin Skywalker da trilogia Star Wars dos anos 2000.

Equilíbrio da Força e o Escolhido

Em Star Wars: Episódio I – A Ameaça Fantasma (1999), foi revelada a existência de uma profecia que dizia que um Jedi seria o Escolhido que traria o equilíbrio para a Força.

De acordo com George Lucas, criador de Star Wars, esse personagem é Anakin Skywalker, que traz o equilíbrio para a Força ao derrotar o Imperador Palpatine. Porém, com a compra da Disney e criação de uma nova trilogia, essa profecia pode ganhar um novo significado.

Já está confirmado que o Imperador Palpatine vai retornar em Star Wars: A Ascensão Skywalker, o que significa que a profecia do Escolhido provavelmente não foi cumprida ainda.

Será que Anakin era mesmo o Escolhido? Será que essa figura é Luke Skywalker? E Rey? Qual o papel dela na profecia? O que significa trazer equilíbrio para a Força? Essas são questões que o novo Star Wars tem a obrigação de responder.

Legado dos Skywalker e fim da jornada de Anakin

Luke Skywalker se sacrificou ao final de Star Wars: Os Últimos Jedi, e esse ato, ao que tudo indica, vai inspirar diversas pessoas pela galáxia. A Ascensão Skywalker também tem a missão de detalhar como o legado dos Skywalker – principalmente Luke e Leia – vai afetar a galáxia. Será que novos Jedi surgirão seguindo os passos dos Skywalker?

Além disso, o novo Star Wars também tem a missão de dizer como ficará a linhagem dos Skywalker, que pode continuar por meio de Kylo Ren – caso o personagem tenha mesmo uma redenção. O legado de Anakin também deve ser um grande foco do filme, já que a dualidade entre Anakin e Darth Vader nunca foi totalmente resolvida. Esperamos que uma aparição do fantasma de Anakin ajude nesse aspecto.

Os fantasmas da Força

Os fantasmas da Força estão presentes em Star Wars desde a trilogia original, mas ainda falta explicar muita coisa sobre eles. Afinal, até que ponto eles podem influenciar nos eventos do presente? Como eles podem ajudar Rey a derrotar o Imperador de uma vez por todas?

Mark Hamill, que interpreta Luke Skywalker, estará de volta em Star Wars: A Ascensão Skywalker, provavelmente interpretando a versão fantasma de seu personagem. Tudo indica que essa questão será finalmente respondida.

Por que os Skywalker são tão importantes?

É óbvio que os heróis triunfarão novamente em Star Wars: A Ascensão Skywalker – ninguém espera um fim diferente disso – mas a verdade é que o diretor J.J. Abrams precisa dar uma conclusão mais significativa do que isso.

Os sacrifícios de Anakin e Luke, a profecia, o escolhido… Tudo isso precisa ganhar um significado maior nesse novo filme. Uma conclusão pura e simples em que o bem vence o mal seria apenas uma repetição da história contada na trilogia original de Star Wars. A missão desse novo filme é conectar todos os eventos da franquia, trazendo um final conclusivo que responda todos esses grandes mistérios.

Star Wars: A Ascensão Skywalker estreia em 19 de dezembro.