Por que final de Star Wars 9 será bem menos controverso que o de Game of Thrones

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

2019 está sendo um ano especial para os nerds, já que três franquias gigantes estão tendo suas conclusões. A Saga do Infinito – da Marvel – acabou em Vingadores: Ultimato, Game of Thrones chegou ao seu fim definitivo e a Saga dos Skywalker terminará em Star Wars: A Ascensão Skywalker.

Apesar da maioria dos fãs ter amado Vingadores: Ultimato, é quase um consenso que o final de Game of Thrones acabou sendo bem abaixo do esperado, o que deixou muitos fãs se perguntando sobre qual caminho Star Wars vai seguir.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Questionada sobre isso pelo MTV News, a atriz Daisy Ridley, que interpreta a protagonista Rey em Star Wars, afirmou que o novo filme passará bem longe da controvérsia de Game of Thrones. Mas o que será que ela está querendo dizer com isso?

Em um artigo, o Looper discutiu o final de Star Wars: A Ascensão Skywalker e como ele poderá ser menos controverso que a conclusão de Game of Thrones.

A controvérsia ficou por conta de Os Últimos Jedi

A verdade é que Star Wars: A Ascensão Skywalker será menos controverso simplesmente por conta da comparação com o filme anterior da franquia. Os Últimos Jedi foi tão controverso e divisivo, que é impossível superar esse nível de rejeição, o que de certa forma acaba sendo bom para os fãs.

Star Wars: Os Últimos Jedi desagradou muitos fãs em diversos aspectos, como por exemplo o desenvolvimento de Luke Skywalker, a trama de Finn e Rose e a própria força das personagens femininas no filme – o que é misoginia e ignorância pura que nem deveriam ser levados em consideração.

Sim, Star Wars: A Ascensão Skywalker vai tocar em alguns pontos espinhosos, como a possível ida de Rey para o Lado Sombrio, a redenção de Kylo Ren e o retorno do Imperador Palpatine. Mas mesmo assim, a tendência é que o final total do filme seja menos surpreendente, especialmente com o diretor J.J. Abrams, que conhece as fórmulas que dão certo na franquia, no comando.

Portanto, acredite nas palavras de Daisy Ridley. É bem provável que a maior parte dos fãs fique satisfeita com Star Wars: A Ascensão Skywalker.

Star Wars: A Ascensão Skywalker estreia em 19 de dezembro.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio