Por que Thanos foi louvado e novo Coringa é vilificado

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Coringa ainda nem estreou oficialmente e já está envolvido em polêmica. Segundo muitos críticos, o filme pode ser uma obra catártica para os grupos mais perigosos da sociedade e originar atos de violência.

No entanto, segundo um artigo publicado pelo site Screen Rant, a maneira com o filme vem sido criticado ignora alguns aspectos essenciais sobre os vilões mais famosos do cinema da atualidade.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Confira os principais pontos apresentados pelo Screen Rant abaixo!

A polêmica

A caracterização de Coringa em seu filme solo é bem diferente da maioria das versões do personagem nos cinemas e nas HQs. No novo filme, Coringa é um homem perturbado cujos crimes inspiram uma verdadeira revolução em Gotham.

A principal preocupação de críticos ao filme é o fato dele ter grande potencial para incentivar violência na vida real, já que apresenta um vilão pelo qual o público (ou uma parte específica dele) pode criar empatia.

Especialmente, o medo é que Coringa seja utilizada como inspiração ou base para atos reais de violência. Especificamente, a provocada pelos “incels”.

“Incel” é um termo que pode ser traduzido como “celibatário involuntário”, e representa um grupo de homens que se revoltam contra a sociedade, mais especificamente as mulheres, e criam uma comunidade de ódio, preconceito e violência na internet.

Sempre relacionados com conceitos de supremacia branca, misoginia e homofobia, esse grupo é um dos mais abjetos da atualidade, e foi responsável por diversos ataques armados, mortes e atos de violência.

Aparentemente, os “incel” elegeram o Coringa de Joaquin Phoenix como uma espécie de símbolo e podem estar planejando atentados em sessões do filme.

Por isso, mulheres e membros de minorias já estão pensando em evitar assistir Coringa no cinema e esperar o filme ganhar seu lançamento digital.

Vilões empáticos

Segundo o site Screen Rant, as críticas ao Coringa podem ser expandidas para todos os “vilões empáticos”.

Na época do lançamento de Vingadores: Ultimato, fãs discutiam se Thanos estava certo em dizimar metade do universo, em nome de um suposto equilíbrio. Alguns chegavam a defender as atitudes do vilão.

Vários vilões da Marvel conseguiram empatia com o público, destacando-se Loki, que passou de um posto completo de malfeitor para uma espécie de coadjuvante cômico e até mesmo anti-herói em algumas histórias.

O site Screen Rant também cita o caso de Killmonger, de Pantera Negra, mas esquece de dizer que o personagem ressonou com o público pela maneira como representa as frustrações de toda uma comunidade oprimida, ao contrário do Coringa, que pode ser usado como símbolo exatamente do grupo opressor.

O maior fracasso do MCU vai ganhar reboot e já temos detalhes! Foi confirmado que na Disney+ terão séries dos X-Men, do Homem-Aranha e do Quarteto Fantástico! O que? Kristen Stewart como uma Capitã América lésbica? Você viu que o Pantera Negra irá liderar os Guardiões da Galáxia na Fase 4? E que Steve Rogers deve voltar como vilão na Fase 4? Tudo isso você encontra no Observatório de Séries!

A diferença

A diferença entre um vilão como Thanos e o Coringa de Joaquin Phoenix é bastante simples.

Thanos representa uma versão absoluta do “mal”, caracterizado por um plano ambicioso e violência de certa forma invisível. Ele não quer prejudicar nenhum grupo específico, lutando pela destruição de metade do universo apenas como maneira de manter o suposto equilíbrio.

O personagem também vem carregado de características das HQs, mostrado como “o grande vilão”, alguém cujas atitudes não podem ser emuladas por um qualquer na porta de um cinema. Thanos é um vilão cósmico, e o Coringa é um personagem extremamente humano.

E é esse o problema.

O Coringa foi adotado como símbolo por uma comunidade que passa longe de ser oprimida, mas que se permite reservar o direito de “surtar” e se voltar contra a sociedade, mesmo que seus problemas sejam insignificantes em um panorama geral.

E é por isso que tantos consideram o filme perigoso, pois ele reflete os desejos de um grupo perigoso, que é famoso por incentivar uma espécie de raiva contida em jovens que podem usar o personagem como inspiração para atos abomináveis.

Segundo o Screen Rant, agora é esperar para ver se essas previsões vão se tornar realidade.

O Batman de Titãs finalmente chegou… E os fãs odiaram! Mas o herói já esteve em outras séries… Confira as melhores! Veja como Brooklyn Nine-Nine foi oficializado no universo da DC graças ao Batman, a teoria de que Aqualad estará morto em Titãs e muito mais no Observatório de Séries.

Coringa estreia no Brasil em 4 de outubro.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio