Embora não hajam dúvidas de que Game of Thrones foi uma série incrivelmente popular e aclamada, as temporadas finais se tornaram cada vez mais apressadas e desleixadas.

Isso trouxe uma série de problemas que culminaram em graves erros no fim da trama, mas as séries derivadas que estão em desenvolvimento podem ajudar a consertar estes problemas.

Os erros

Um dos maiores problemas de Game of Thrones foi que o material original acabou, já que George R.R. Martin ainda não terminou sua saga de livros. Sem um conteúdo base, as complexas histórias que os fãs adoravam foram substituídas por narrativas significativamente mais simples.


Alguns personagens foram simplesmente mortos ou abandonados quando não havia mais nada o que fazer com eles. Outros tiveram suas tramas tão apressadas, que pareciam nem serem mais os personagens que conhecíamos a poucos episódios atrás.

Muitas tramas fracassaram no final, simplesmente não conseguindo a atenção que mereciam após temporadas de construção. No fim das contas, à medida em que Game of Thrones progredia, os produtores pareciam correr mais para terminar.

Isso tudo gerou um final extremamente criticado pelos fãs, que simplesmente não conseguiram aceitar o que havia acontecido com anos de desenvolvimentos de arcos e personagens resolvidos de maneiras tão rasas.

As séries derivadas

Felizmente, as séries derivadas não terão muitos desses problemas para lidar, principalmente porque George R.R. Martin já escreveu as histórias que serão exploradas.

Fogo e Sangue é o olhar mais detalhado da história de Westeros, mas está longe de ser o único texto extra que Martin fez sobre os eventos que antecederam a Guerra dos Tronos.

O Mundo de Gelo e Fogo cobre toda a história de Westeros (embora com menos detalhes), incluindo personagens, linhagens, feudos e batalhas.

Para prequels, portanto, os escritores adaptarão histórias completas, sem precisar trabalhar com as anotações de uma saga semi-acabada.

Também é possível que as séries sejam projetadas com um número específico de temporadas desde o início, para contar a história da melhor maneira possível e sem pressa para terminar.