Star Wars 9: Descoberta conexão entre Rey e Palpatine que vai chocar fãs da franquia

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Cuidado! Possíveis spoilers de Star Wars: A Ascensão Skywalker abaixo.

Ao que tudo indica, Star Wars: A Ascensão Skywalker vai mesmo encerrar todo o mistério sobre a origem de Rey. De acordo com Jason Ward, do site de bastidores MakingStarWars, o novo filme vai revelar que a protagonista Rey é na verdade uma descendente do Imperador Palpatine.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Ainda de acordo com Ward, Star Wars: A Ascensão Skywalker vai começar com um flashback que mostra Luke Skywalker e Leia Organa jovens, treinando com sabres de luz após os eventos de O Retorno de Jedi. Essa cena estabeleceria que Leia na verdade foi treinada por Luke – o que explica ela usando a Força em Os Últimos Jedi.

Com isso, a teoria diz que Rey descobrirá que é descendente de Palpatine em Star Wars: A Ascensão Skywalker, mas vai rejeitar sua origem, nomeando a si mesma como Rey Skywalker em homenagem à Luke e Leia.

Em um artigo, o Looper discutiu a teoria de como Star Wars: A Ascensão Skywalker pode conectar a protagonista Rey ao Imperador Palpatine.

A origem de Rey ainda é um mistério

Na realidade, a porta para a revelação de que Rey é na verdade parente de Palpatine sempre esteve aberta. Apesar de Kylo Ren ter dito em Os Últimos Jedi que Rey é na verdade filha de duas pessoas aleatórias de Jakku, o próprio Rian Johnson, que dirigiu o filme, afirmou que “tudo ainda pode acontecer” com relação à origem de Rey. Star Wars: A Ascensão Skywalker tem a missão de responder isso.

Daisy Ridley, a atriz que interpreta Rey, declarou ao IGN que a aparição de Palpatine em Star Wars: A Ascensão Skywalker não acontece por acaso, e que o personagem será “vital para a trama do filme”, o que só reforça os rumores de que ele está ligado à origem de Rey.

Palpatine de sangue, Skywalker por escolha?

É bem possível que essa teoria levantada pelo MakingStarWars seja verdadeira e Palpatine retorne para Star Wars justamente para recrutar sua neta, Rey, para o Lado Negro da Força, vencendo a Resistência de uma vez por todas.

O trailer de Star Wars: A Ascensão Skywalker divulgado durante a D23 mostra Rey em uma versão “sombria”, então talvez Palpatine de fato consiga convencer a protagonista a se juntar ao Lado Negro da Força – ou talvez essa cena seja parte de uma visão/sonho.

Porém, uma parte interessante desse rumor diz que Rey vai se tornar uma Skywalker por escolha em Star Wars: A Ascensão Skywalker. Em Os Últimos Jedi, Kylo Ren reforça diversas vezes a ideia de que o “passado tem que morrer”, ou seja, é possível que a franquia abrace essa ideia, e mostre que Rey não está presa ao seu passado e é plenamente capaz de construir seu futuro.

Será que Rey é um clone?

Um rumor anterior que ligava Rey à Palpatine dizia que a heroína na verdade seria um clone de Luke Skywalker, criado por Palpatine com a mão que Luke perdeu em Star Wars: O Império Contra-Ataca.

Depois ela teria sido encontrada por seus “pais”, que venderam ela para Unkar Plutt – comerciante de Jakku em O Despertar da Força. Nessa teoria, Palpatine retornaria em Star Wars: A Ascensão Skywalker para roubar de volta seu clone perdido e trazê-lo para o Lado Negro.

Star Wars 9 pode revelar novos pais para Rey

Também há a possibilidade de Star Wars: A Ascensão Skywalker fugir de todos esses rumores e escolher uma origem completamente diferente para Rey. A personagem Zorri Bliss (Keri Russell) pode ser apresentada para isso, e ainda não é tarde para confirmar Rey como uma Skywalker – ou Solo – legítima. Também é possível que a versão de Kylo seja verdadeira, e Rey seja mesmo filha de dois desconhecidos.

No fim, uma coisa é certa: Palpatine está de volta, e sua presença no novo filme vai mudar Star Wars para sempre.

Star Wars: A Ascensão Skywalker estreia em 19 de dezembro.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio