O Coringa é um vilão icônico, que já teve diversas versões no cinema – umas melhores do que as outras. Apesar das diferentes encarnações do personagem, uma coisa nunca muda: O Coringa é muito violento.

Pensando nisso, o Express decidiu verificar qual foi o Coringa mais violento dos cinemas, selecionando os todas as versões do personagem até então.

Infelizmente, o Coringa de Joaquim Phoenix, que chegou aos cinemas nessa semana, acabou ficando de fora do estudo. Os dados foram obtidos pelo site Vanquis, que tem uma base de dados dos filmes do universo Batman. Confira abaixo.


A violência do Coringa

De acordo com o estudo feito pelo Vanquis, o Coringa mais mortal dos cinemas é o intepretado por Heath Ledger em Cavaleiro das Trevas.

Com 30 assassinatos, 5 tentativas de homicídio, assalto e mais outros 16 crimes cometidos, o Coringa de Heath Ledger seria condenado a 2445 anos de prisão nos EUA e 574 no Reino Unido.

Em segundo lugar, vem o Coringa de Cesar Romero, que apesar de não matar ninguém, cometeu crimes que o colocariam por 220 anos na prisão no Reino Unido. Ele viveu o personagem em Batman, de 1966.

Em seguida, temos o Coringa de Jared Leto, que era uma versão mais “gangster” do personagem. Ele apareceu em Esquadrão Suicida (2016), filme em que ele matou 12 pessoas, além de cometer os crimes de agressão, tortura, sequestro e muitos outros, que lhe renderiam 166 anos de prisão.

Por último vem o Coringa de Jack Nicholson, que aparece em Batman (1989). Apesar de seus 31 assassinatos, essa versão do personagem pegaria apenas 146 anos de prisão no Reino Unido.

Agora, resta saber como o Coringa de Joaquim Phoenix vai entrar nesse estudo.

Coringa, com Joaquim Phoenix, está em exibição nos cinemas brasileiros.