Com o novo acordo entre a Sony e a Marvel, está previsto que o Homem-Aranha apareça em mais uma aventura solo e em mais um filme de outro herói do MCU. Porém, o novo acordo tem um novo termo que está confundindo os fãs.

De acordo com Kevin Feige, Chefe do Marvel Studios, o Homem-Aranha vai aparecer tanto no MCU quanto no Sonnyverso, universo de filmes da Sony que terá vilões como o Venom e o Carnificina.

Essa afirmação está deixando os fãs confusos, afinal, como o Homem-Aranha vai aparecer em duas franquias ao mesmo tempo? O ScreenRant trouxe algumas possibilidades que podem explicar essa mudança.


O Sonyverso pode ser um “adendo” ao MCU

É possível queo Sonyverso seja uma espécie de franquia auxiliar ao MCU, se conectando os heróis da Marvel à heróis da Sony, como o Venom. Apesar disso ser uma ideia antiga e muito vantajosa para a Sony – que poderia lucrar com o sucesso do MCU – ela não é tão interessante assim para a Marvel.

Incluir os heróis da Sony como parte de seu universo – de certa forma – poderia prejudicar a Marvel e confundir seus fãs, que estão acostumados com um universo único e coeso. Portanto, essa adesão é uma possibilidade, mas não é tão certa como alguns pensam.

O Homem-Aranha pode pular de um universo para o outro

Essa possibilidade é bem mais provável que a anterior. É bem possível que o Sonyverso e o MCU sigam sendo franquias separadas, e que a participação do Homem-Aranha no Sonyverso seja considerada uma espécie de “salto dimensional”.

Homem-Aranha: No Aranhaverso (2018) consegue lidar com múltiplas dimensões de maneira brilhante, e como esse conceito parece estar sendo introduzido no MCU aos poucos – Vingadores: Ultimato iniciou e Doutor Estranho 2 deve consolidar o multiverso – é bem possível que o herói vivido por Tom Holland apareça nas duas franquias sem confundir a cabeça dos fãs.

Ele pode deixar o MCU para sempre

Infelizmente, essa é a alternativa mais concreta. O Homem-Aranha pode aparecer por apenas mais dois filmes, e acabar saindo do MCU de maneira definitiva, se sacrificando para salvar o multiverso e se transferindo para uma realidade alternativa, que seria o Sonyverso.

Em termos de mercado, isso faz muito sentido. Kevin Feige e a Marvel não teriam que continuar negociando a presença ou não do Homem-Aranha no MCU, encerrando de vez a participação do herói na franquia, jogando a “bola” para a Sony decidir o que fazer com o personagem.

Isso até colocaria pressão para a Sony voltar a negociar com a Marvel para reintroduzir o Homem-Aranha no MCU, o que no fim das contas, mostraria que a Marvel tem o verdadeiro controle dessa negociação.

Portanto, é bem provável que Tom Holland e seu Homem-Aranha fiquem pulando de franquia em franquia nos próximos anos. Só nos resta saber se ele vai voltar para o MCU, ou se suas saidinhas se tornarão permanentes com o tempo.

Homem-Aranha 3 estreia em 16 de julho de 2021.