Homem-Aranha: Longe de Casa estraga o legado do Homem de Ferro no MCU

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Homem-Aranha: Longe de Casa mostra a sequência imediata dos eventos de Vingadores: Ultimato e da morte do Homem de Ferro/Tony Stark.

Em sua viagem para a Europa, Peter Parker/Homem-Aranha entra em conflito com Quentin Beck/Mysterio, enquanto luta para recuperar EDITH, a nova tecnologia criada pelo Homem de Ferro antes de sua morte.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

EDITH (Even Dead, I’m The Hero), que em tradução livre significa, “Mesmo morto, ainda sou o herói”, é a tecnologia que Tony Stark deixou para Peter Parker em Homem-Aranha: Longe de Casa, o que dá a ele acesso às tecnologias das Indústrias Stark.

Porém, quando EDITH cai em mãos erradas – como as de Mysterio – ela pode ser algo bem perigoso. É por isso que a presença desse elemento em Homem-Aranha: Longe de Casa é bem controversa e se analisarmos corretamente, ela até estraga um pouco do legado de Tony Stark na Marvel.

Em um artigo, o ScreenRant falou sobre EDITH, e como ela prejudica o legado do Homem de Ferro em Homem-Aranha: Longe de Casa.

EDITH não faz sentido na linha do tempo do MCU

Apesar da sua importância em Homem-Aranha: Longe de Casa, a EDITH não faz o menor sentido dentro da linha do tempo estabelecida pela Marvel.

Se Tony Stark criou EDITH quando gravou sua última mensagem para Morgan – antes de morrer em Vingadores: Ultimato – por que ele não usou a tecnologia na batalha contra Thanos? Os drones de EDITH certamente ajudariam bastante contra o exército do titã.

O fato de EDITH não ter sido usada antes, mostra que ela é apenas um elemento de roteiro para fazer Homem-Aranha: Longe de Casa funcionar, o que é bem fraco em questão de roteiro.

Se a Marvel e a Sony decidirem incluir EDITH em Homem-Aranha 3, a origem dessa tecnologia terá que ser melhor explicada, justamente para tapar esse buraco no roteiro.

EDITH é muito parecida com o Projeto Insight

A EDITH de Homem-Aranha: Longe de Casa é muito parecida com a tecnologia do Projeto Insight, criada pela SHIELD e introduzida em Capitão América: Soldado Invernal.

O Projeto Insight consistia na utilização de três satélites fortemente armados, criados para atacar qualquer ameaça prévia que surgisse para a SHIELD. Porém, assim como a EDITH, a tecnologia acaba caindo em mãos erradas.

Nas mãos da HYDRA, o Projeto Insight é utilizado para atacar Steve Rogers, Maria Hill e Tony Stark. Ou seja, tanto EDITH quanto o Projeto Insight são tecnologias que utilizam de informações privadas para atacar os adversários de quem as criou, o que é bem negativo e perigoso.

EDITH estraga o legado do Homem de Ferro

EDITH é a prova concreta de que Tony Stark não aprendeu com os seus erros, o que é algo bem ruim para o desenvolvimento do personagem.

Em Vingadores: Era de Ultron, Stark viu sua criação – o vilão Ultron – causando destruição pelo mundo, o que fez com que ele passasse a apoiar uma atuação mais regulamentada dos super-heróis – como vimos em Capitão América: Guerra Civil.

É por isso que EDITH é tão incoerente e a existência dela em Homem-Aranha: Longe de Casa estraga um pouco do legado do Homem de Ferro. É difícil acreditar que ele seria capaz de criar algo tão invasivo novamente, mesmo sabendo de todo o caos que suas criações perigosas causaram no passado.

A Marvel Studios está DESTRUINDO a Marvel Televison! E esses8 heróis da Marvel tem os mesmos poderes que heróis da DC! Saiba quais heróis da Marvel o Asa Noturna derrota ou não! O maior fracasso do MCU vai ganhar reboot e já temos detalhes! Foi confirmado que na Disney+ terão séries dos X-Men, do Homem-Aranha e do Quarteto Fantástico! Tudo isso você encontra no Observatório de Séries!

Homem-Aranha: Longe de Casa está disponível em Blu-ray e DVD.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio