Nesta semana, a Warner Bros finalmente divulgou o primeiro trailer de Aves de Rapina: Arlequina e sua Emancipação Fantabulosa, novo filme da DC que será lançado após o longa de origem do Coringa. Como o próprio título já deixa bem claro, é um veículo para de destaque para a vilã (agora anti-heroína) de Margot Robbie, que também é produtora do filme.

E a julgar pelo andar da carruagem, a DC pretende colocar a Arlequina na linha de frente de sua próxima fase nos cinemas. A vilão foi um dos poucos acertos de Esquadrão Suicida, de David Ayer, e a Warner foi sábia em não descartá-la para futuros projetos. Robbie, inclusive, teve liberdade total para escolher em qual projeto retornar (houve um filme de Coringa vs Arlequina em desenvolvimento), e a atriz indicada ao Oscar apostou no roteiro de Christina Hodson para Aves de Rapina, uma história de separação e emancipação, que garante mais independência para a personagem, sempre associada ao Coringa.

Aves de Rapina é apenas o próximo passo, já que a Warner aparentemente planeja muito mais. Foi uma surpresa quando James Gunn anunciou o retorno de Robbie para seu novo Esquadrão Suicida, já que o longa era visto como um reboot total até então. As coisas ficam mais claras quando Gunn revelou que a Arlequina é uma de suas personagens preferidas da história dos quadrinhos da DC – colocando-a no mesmo nível de Batman e Superman -, então definitivamente podemos esperar que Robbie será o grande destaque do novo Esquadrão. Repetindo, não jogue fora o que deu certo.


A saga de Harleen

Se Aves de Rapina e o novo Esquadrão Suicida forem um sucesso, o futuro já está traçado para Arlequina. Primeiramente, o estúdio enfim deve engatar um projeto que está circulando pelo estúdio há anos: Sereias de Gotham City, que foca na relação de Arlequina com Hera Venenosa e Mulher-Gato, e que também foi uma das opções disponíveis para Robbie em 2016 – e a que faria mais sentido, já que Arlequina nunca foi parte das Aves de Rapina nos quadrinhos.

O plano do estúdio seria continuar Aves de Rapina com Sereias de Gotham, e então um terceiro filme colocaria o trio de vilãs para batalhar com o grupo de vigilantes. Isso aí, Aves de Rapinas vs Sereias de Gotham seria o fechamento dessa trilogia da emancipação da Arlequina.

Isso porque ainda temos que contar com a possibilidade de James Gunn se instalar na DC se seu Esquadrão for um sucesso. A Warner certamente vai querer continuações do filme dependendo do resultado, e novamente poderíamos contar com a Arlequina. Isso contabilizaria 5 aparições de Margot Robbie como a personagem nos cinemas, que – não tenham dúvidas – se apoderou da Arlequina da mesma forma como Ryan Reynolds atualmente é o “dono” de Deadpool. E podemos concordar que todos saímos ganhando.

Então, não se enganem. A DC tem muitas incertezas no cinema, mas a dominância da Arlequina é um fato que só vai se intensificar no futuro.