Nem mesmo o analista mais otimista da Warner Bros poderia prever o sucesso que Coringa, o novo e sombrio filme da DC, nas bilheterias internacionais. É algo que deixaria até mesmo o Doutor Manhattan espantado, atualizando suas complexas perspectivas acerca do conceito de milagres. Até o fechamento desta matéria, o filme de Todd Phillips cruza a marca impressionante de US$934 milhões ao longo de todo o mundo. É uma marca considerável por diversos motivos, e que pode até mesmo bater de frente com a concorrência da Marvel Studios, que lidera o ranking mundial com o estrondoso Vingadores: Ultimato.

Primeiramente, vamos aos motivos que tornam a arrecadação de Coringa tão significativa. É um filme para maiores de 17 anos nos EUA (a classificação R, que no Brasil foi traduzida para 16 anos), o que já traz uma reduzida considerável na quantidade de pessoas que poderão comprar ingressos para assistir ao filme. Já com esse valor (que caminha para o bilhão), Coringa já é a maior bilheteria de um longa para maiores de todos os tempos, tendo superado os dois filmes de Deadpool da Fox, que ocupavam o pódio até então. Esse valor também foi alcançado sem algo praticamente imprescindível para qualquer blockbuster contemporâneo: um lançamento na China, que é um dos maiores mercados de cinema do planeta. O filme de origem do Palhaço do Crime ainda não teve uma estreia marcada no país, se é que de fato haverá uma.

Mas o fator mais impressionante talvez esteja mesmo no filme em si. Quando olhamos para filmes como Deadpool e Logan, que são os outros representantes do cinema de quadrinhos para maiores nas grandes bilheterias, encontramos muita ação, aventura e humor na mistura. Coringa não tem nada disso. Não é um filme de ação, com explosões ou sequências eletrizantes, mas sim um pesado e dramático estudo de personagem que está focado apenas na figura de Joaquin Phoenix; é um filme que praticamente atua como carta de amor ao cinema de Martin Scorsese, e que serve à visão da ideia de um autor. É algo extremamente difícil de vermos na atual Hollywood, dominada por lançamentos cada vez mais homogêneos. Por mais que Coringa seja parte de uma marca já estabelecida, todos podemos concordar que ele foge completamente de qualquer convenção do atual cinema de super-heróis. 


Maior que Vingadores?

Quando falamos especificamente sobre o financeiro, eu duvido que a Warner Bros não abra os olhos para o que Todd Phillips alcançou aqui. A marca do bilhão torna-se ainda mais valiosa quando percebemos quanto foi o investimento do estúdio no orçamento: meros US$55 milhões. Isso é praticamente o que Robert Downey Jr. recebeu para participar de Capitão América: Guerra Civil, e que aqui foi usado para cobrir todos os custos de produção – que pode ter engordado com a campanha de marketing, mas que ainda deixaria o orçamento total bem abaixo da média do mercado.

E é aí que vemos o lado mais fascinante: de acordo com o Deadline Coringa pode trazer mais lucro à Warner Bros do que Vingadores: Guerra Infinita trouxe para a Disney. Isso porque o filme dos Maiores Heróis da Terra custou exorbitantes US$500 milhões para ser produzido, e obteve mais de US$2 bilhões nas bilheterias. Como Coringa custou US$55 milhões, sua arrecadação de US$900 milhões pode ser de aproximadamente US$464 milhões, valor bem próximo do filme da Marvel. Isso porque o longa da DC ainda não bateu o bilhão, podendo superar o valor lucrativo de Guerra Infinita. Será que o mesmo acontece com Vingadores: Ultimato? De acordo com o New York Times, o filme de Phillips precisaria 

Para fins de comparação: Aquaman obteve US$1.15 bilhões nas bilheterias mundiais, mas como o orçamento da produção esteve na casa dos US$200 milhões, seu lucro esteve em torno de US$260 milhões. Coringa fez mais do dobro.

Coringa foi uma aposta de risco para a Warner Bros e a DC, que parecem estar sorrindo à toa com o resultado. Se o filme de Todd Phillips bater a marca do bilhão, seu retorno pode até mesmo superar o do maior filme de todos os tempos. Se isso não mudar a indústria de Hollywood, eu não sei o que vai mudar.

Você viu que a DC anunciou sua série mais BIZARRA até agora? Esses 8 heróis da DC tem os mesmos poderes que heróis da Marvel! Saiba quais heróis da Marvel o Asa Noturna derrota ou não! O Batman de Titãs finalmente chegou… E os fãs odiaram! Mas o herói já esteve em outras séries… Confira as melhores! Veja como Brooklyn Nine-Nine foi oficializado no universo da DC graças ao Batman, a teoria de que Aqualad estará morto em Titãs e muito mais no Observatório de Séries.