A maior parte dos seis Vingadores originais teve sua história concluída em Vingadores: Ultimato, mas Thor (Chris Hemsworth) continua tendo um futuro promissor na franquia.

O personagem, que foi reinventado em Thor: Ragnarok e em Vingadores: Ultimato, ganhou uma força que não possuía antes – e junto com isso uma sobrevida no MCU.

Com essa sobrevida, vem Thor: Amor e Trovão, quarto filme do herói de Chris Hemsworth na Marvel.


Em um artigo, o ScreenRant falou sobre os próximos passos de Thor, o único Vingador original com um futuro promissor no MCU.

O Vingador mais forte segue vivo

Steve Rogers/Capitão América teve um final feliz em Vingadores: Ultimato, mas sua história chegou ao fim. Tony Stark/Homem de Ferro e Natasha Romanoff/Viúva Negra se sacrificam pelo bem maior.

Bruce Banner/Hulk não deve ganhar filmes solo na Marvel – os direitos do personagem pertencem a Universal – e Clint Barton/Gavião Arqueiro deve se despedir e criar uma sucessora em sua série no Disney+.

Com isso, Thor Odison é o primeiro e único herói da Marvel a ganhar um quarto filme solo. Depois de ter sido considerado um herói desinteressante em seus dois primeiros filmes, Thor foi reinventado em Thor: Ragnarok, longa que trouxe à tona um lado mais cômico e divertido do herói.

A Marvel subverteu Thor de novo em Vingadores: Ultimato, transformando o personagem no “Thor gordo” (como os fãs costumam chamar), uma versão deprimida e descuidada do herói – que surge depois do seu fracasso em parar Thanos.

Agora que Thor reconquistou sua confiança ao final de Vingadores: Ultimato, o herói partiu com os Guardiões da Galáxia e vai retornar em Thor: Amor e Trovão para reencontrar sua velha amada, Jane Foster.

Thor: Amor e Trovão terá Jane Foster se transformando na nova Deusa do Trovão, o que significa que ela deve dividir o “manto” do herói com Thor Odinson.

Isso não significa que o personagem sairá da franquia. Na realidade, essa é mais uma reviravolta interessante na trajetória de Thor dentro da Marvel, que dá a oportunidade do diretor Taika Waititi (Thor: Ragnarok) mostrar como o Deus do Trovão vai se comportar “dividindo” o seu posto com outra pessoa.

Até outras versões de Thor – como Bill Raio Beta – podem surgir para tornar a história do herói ainda mais imprevisível. O futuro de Thor Odison na Marvel ainda é incerto, mas de uma coisa sabemos: Mais histórias serão contadas.

Thor: Amor e Trovão estreia em 5 de novembro de 2021.