Cuidado! Spoilers do sétimo episódio da 8ª temporada de Arrow.

“Purgatory”, sétimo episódio da 8ª e última temporada de Arrow, decidiu adaptar uma das piores tramas dos quadrinhos da DC – ou pelo menos essa é a opinião dos fãs do Arqueiro Verde.

O ScreenRant comparou a trama de “Purgatory” em Arrow e a história original dos quadrinhos da DC.


Roy Harper e sua trama mal resolvida

O novo episódio de Arrow leva a ação para a ilha de Lian Yu, onde Oliver e seu time pretendem adquirir uma arma – seguindo a sabedoria do Monitor – para utilizar em Crise nas Infinitas Terras, salvando o multiverso.

Na viagem para Lian Yu, Roy Harper, Dinah Drake e Rene Ramirez acabam sendo emboscados e o avião é derrubado. Roy Harper é encontrado desacordado perto dos destroços do avião e acaba tendo o seu braço direito amputado por Hawke e Diggle, membros do Time Arrow.

O braço amputado de Roy Harper relembra a odiada história “The Rise of Arsenal”, na DC, trama dos quadrinhos que completa um arco que transforma Roy Harper em um terrível vilão.

Depois de perder o seu braço para o vilão Prometheus, Harper ainda vê a morte de sua filha. Ele se afunda em depressão em decorrência desses acontecimentos, volta a usar drogas e acaba virando um vilão na DC, destruindo totalmente o seu legado no Time Arrow.

Essa história irrita muitos fãs da DC por sua falta de resolução, e ao que tudo indica, Arrow seguirá o mesmo caminho, já que faltam apenas três episódios para o fim da 8ª temporada.

Parece que a DC quis fazer uma homenagem a controversa HQ do Arqueiro Verde. Esperamos que ela não se estenda e se torne maior do que isso.

Arrow está exibindo sua 8ª temporada na CW.