Em 2017, Batman e Mulher-Gato iriam se casar, mas ela acabou deixando o Homem-Morcego no altar (um telhado) no final de Batman #50.

Mas agora, na última edição da HQ do herói escrita por Tom King, os pombinhos finalmente tiveram um final feliz.


Pedido de casamento

Depois de finalmente derrubar Thomas Wayne de Flashpoint e, assim, acabar com a ocupação de Gotham City por Bane, Mulher-Gato pergunta casualmente a seu amante de novo, de novo, se eles ainda devem se casar.

Quando Bruce responde com um simples “quando?” Selina sugere que não há tempo melhor do que agora. Estoico como sempre, Bruce diz nada mais do que “Ok”.

A conversa deles parece explícita no começo, mas quando Batman se vira para Mulher-Gato, ela entrega um “eu te amo” tão sincero que não há como confundir sua intenção.

É o amor

Os dois se beijam no topo do horizonte de Gotham e desmaiam na cama até a manhã seguinte. Quando Bruce acorda em êxtase, ele percebe que, em sua paixão épica, eles esqueceram de ver o juiz Wolfman e realmente se casaram.

Bruce sugere que eles vejam o juiz no dia seguinte para se casar oficialmente, mas Selina pergunta por que eles precisam de um pedaço de papel para declarar seu amor.

Ela ressalta que os dois acreditam em algo maior do que a lei da terra, por isso há pouco sentido em enfrentar o problema de ter o casamento reconhecido pela referida lei.

Aconchegada na cama com seu Cavaleiro das Trevas, Selina faz uma declaração emocionante de seu amor. “Depois do que passamos, depois dos anos, as mortes … não preciso de um juiz. Ou um vestido. Ou uma audiência. Para saber… que você… você e eu… o morcego e a gata. Nós somos para sempre.”

Batman # 85 marca o fim da saga de Tom King no comando da história do Homem-Morcego. A HQ já está à venda nas lojas de quadrinhos norte-americanas.