Em Vingadores: Ultimato, Thanos surpreende a todos quando revela que destruiu as Joias do Infinito com o intuito de impedir que o Estalo, que dizimou metade da população do universo, seja revertido.

Porém, esse ato surpreendeu ainda mais os fãs mais dedicados da Marvel, já que os quadrinhos deixam bem claro que as Joias do Infinito não podem se autodestruir. Será que Vingadores: Ultimato promoveu um furo de roteiro?

Em um artigo, o CBR explicou a diferença das Joias do Infinito nos quadrinhos e em Vingadores: Ultimato.


Regras diferentes?

Nos quadrinhos da Marvel, Reed Richards/Senhor Fantástico, tenta destruir as Joias do Infinito sem sucesso. De acordo com o personagem, as joias simplesmente “não deixam” que ele as destrua, mesmo que ele tenha esse pensamento em mente.

Muitos podem argumentar que o MCU possui regras próprias, que não necessariamente obedecem às regras dos quadrinhos da Marvel, mas a verdade é que a destruição das Joias do Infinito contradiz até mesmo a lógica do próprio MCU.

O Colecionador se refere as Joias do Infinito como as “seis singularidades”, e ao longo do MCU, é explicado que os artefatos contêm a energia que montou o universo. Qualquer pessoa que entende de física sabe que energia não pode ser criada e nem destruída, o que torna o ato de Thanos em Vingadores: Ultimato um grande furo de roteiro.

Se essa energia não pode ser destruída, para onde ela foi? O que acontece com a realidade principal da Marvel agora em que as Joias do Infinito não existem? Vingadores: Ultimato não esclareceu nada disso.

O pior de tudo é o fato de que Vingadores: Ultimato se esforça para informar que a ausência das Joias do Infinito causa desequilíbrio. O próprio Capitão América volta ao passado para devolver as joias, ou seja, isso mostra a importância que as energias que emanam delas possuem.

Talvez WandaVision, série do Disney+, explique o que será do universo sem as Joias do Infinito – os poderes de alteração da realidade da Feiticeira Escarlate podem ser uma consequência da ausência das joias – mas o fato é que Thanos não deveria ter sido capaz de destruí-las em Vingadores: Ultimato e isso criou um problemão para a franquia.

Vingadores: Ultimato está disponível em DVD e Blu-ray.